Gabriela (Camila Morgado) em Malhação: Vidas Brasileiras
Gabriela (Camila Morgado) em Malhação: Vidas Brasileiras (Divulgação/ TV Globo)

Considerada uma das principais atrizes da Globo, na faixa dos 40 anos, Camila Morgado volta a protagonizar uma novela na emissora carioca. A fluminense de Petrópolis dará vida a personagem Gabriela, de Malhação: Vidas Brasileiras, que estreia nesta quarta-feira (7). Com isso, será a primeira protagonista adulta dessa produção da Globo.

Por causa disso, a coluna Vale a Pena, do Observatório da Televisão, vai relembrar os grandes trabalhos da carreira dessa atriz. Quem é ela? O que há no currículo que a capacita para fazer o papel principal da novela?

Veja também: Relembre Cidadão Brasileiro, a novela mais subestimada da história recente da Record


Bem, Morgado começou sua trajetória profissional no teatro, fez cinema também, porém, foi na televisão que apareceu para o grande público. Em 2003, conseguiu sua primeira e, até então, única – em produções grandiosas – protagonista na minissérie A Casa das Sete Mulheres, na Globo. Na trama, ela viveu Manuela de Paula Ferreira e sua atuação impressionou não só o país, mas mundo, já que a produção foi exportada.

Depois do sucesso na minissérie de época, Morgado ganhou a oportunidade de interpretar a atriz Cacilda Becker, em Um Só Coração (2004, Globo), uma produção que contou um pouco da história da cidade de São Paulo.

Mas foi no ano seguinte que voltou a chamar a atenção de todo o país na pele de uma vilã. Ela conseguiu o papel de antagonista em sua primeira novela das nove, América, escrita por Glória Perez. Assista a um trecho.

Ao fim da novela, a atriz já engatou outro trabalho, a Ana Rosenberg da minissérie JK. Outro desempenho de Morgado que impressionou a crítica pela entrega à personagem.

Veja também: Relembre a minissérie JK

Em Viver a Vida (2009, Globo), de Manoel Carlos, Morgado fez um papel diferente dos que estava acostumada em produções maiores. A Malu era completamente engraçada. Funcionou como um respiro cômico de toda a parte dramática da novela. Relembre.

Camila Morgado em Avenida Brasil (Divulgação/Globo)

O mesmo aconteceu com a Noêmia, do fenômeno internacional, Avenida Brasil (2012, Globo). Morgado chamou atenção mais uma vez por fazer uma personagem divertida. Ela era uma das três mulheres do Cadinho (Alexandre Borges).

Já em A Lei do Amor (2016, Globo), a atriz voltou a fazer uma personagem dramática, com muitos problemas. Em determinado momento da trama, ela decide enfrentar a sua mãe (Vera Holtz), que é a grande vilã da trama, e a esbofeteia. Assista.

Para finalizar, em Malhação: Vidas Brasileiras, Morgado encarará uma professora diferenciada, que cuida muito de seus alunos porque acredita, de fato, que cada um deles é o futuro. Apesar da dura missão de substituir o sucesso Malhação: Viva a Diferença, as chamadas da novela já mostraram que a atriz entrou de cabeça no novo personagem, que não lembra os seus anteriores. Veja a chamada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor coloque seu nome aqui