Juliana Paes recebe troféu APCA e fala sobre a importância da premiação: “Não é qualquer prêmio, tem um sabor diferente”

Na noite desta segunda-feira (4) aconteceu em São Paulo a tradicional premiação da APCA (Associação Paulista de Críticos da Arte) que reuniu grandes nomes do cenário artístico para a entrega dos troféus. Juliana Paes foi uma das que compareceu para receber seus dois prêmios, um por Bibi Perigosa em A Força do Querer e o segundo por Zelma da minissérie Dois Irmãos. A equipe do Observatório da Televisão esteve presente na festa e conversou com a atriz.

Veja também: Para promover a estreia de Salve Jorge, TV hispânica faz grandes reportagens sobre tráfico humano

Juliana Paes falou da importância de receber um prêmio APCA, “Temos muitos prêmios na mídia mas poucos têm esta seriedade, representatividade e peso por premiar tantas áreas. Quando você recebe a informação de que foi premiado pela APCA, tem um sabor diferente, um gosto especial, não é um prêmio qualquer. É o prêmio!”, comemorou a atriz.

Juliana Paes é premiada por personagens de A Força de Querer e Dois Irmãos (Divulgação)

Leia Mais: Fracasso no SBT e fenômeno mundo afora, Lalola ganhará sua versão mexicana

Juliana Paes está longe das telinhas desde o fim de A Força do Querer, porém, tem se dedicado ao cinema e à família. Sobre a oportunidade de poder estar no ar em duas produções inéditas num mesmo ano, ela fala sobre este momento de divisão de águas em sua carreira após estes últimos trabalhos, “Nem sempre você tem a chance de viver personagens tão diferentes como foram Zana e Bibi e com a visibilidade que elas tiveram, é muita coisa boa junto. Este último ano na minha carreira vem sendo um divisor de águas”

E continua: “Estou feliz da vida, ainda mais por ter sido prêmio por duas personagens tão importantes na minha carreira. Talvez uma maturidade na minha vida pessoal tenha transparecido na composição dos meus personagens”, refletiu.

+ OBSERVATÓRIO DA TELEVISÃO