Isabela Garcia e a pequena Beatriz Bertu
Isabela Garcia e a pequena Beatriz Bertu em Bebê a Bordo (Divulgação/TV Globo)

Confirmada na grade de 2018 do canal de reprises Viva, 15/01 na faixa das 15h30, a novela Bebê a Bordo escrita por Carlos Lombardi entre 1988 e 1989 traz em seu elenco principal Tony Ramos, Isabela Garcia e Dina Sfat.

A trama conta com muita cenas de humor, mas também com boas doses de romance. A trilha sonora pode ser considerada uma das melhores de sua época com clássicos da MPB e internacionais passando pelo pop, rock e romântico.

Vale destacar bandas de rock da Austrália, EUA, Inglaterra e cantores como Gal Gosta, Wanderléa, Leo Jaime, Marina Lima e Elton John e bandas nacionais como Os Paralamas do Sucesso, Yahoo, entre outros.

Veja também: Com reprise no Viva, neném de Bebê a Bordo verá novela pela primeira vez

Confira alguns dos destaques:

Tá aí um clássico dos clássicos dos clássicos! Trilha dos anos 80 que não tem Mordida de Amor não está completa! A canção era da personagem Ângela, Maria Zilda Bethlem, que dedicou boa parte da vida para cuidar dos irmãos, mas nutre uma paixão avassaladora por Tonhão, José de Abreu, um locutor de rádio. A música já fala muito sobre amor, sexo…

Trilha “geral” de Bebê a Bordo, Strangelove é interpretada pela banda inglesa Depeche Mode que tem como base o rock e o eletrônico. Em 2018 os artistas se apresentam pela primeira vez no Brasil.

Poucos sabem, mas o cantor Leo Jaime também fez novelas, esteve recentemente em Malhação, e no caso de Bebê a Bordo teve grande destaque com direito a uma trilha sonora cantada por ele mesmo. Adoro embalava as cenas de Zezinho

Um dos artistas mais aclamados de todos os tempos, Elton John também integra a trilha deste clássico da dramaturgia. I Don’t Want Go on With You Like That faz parte da história do personagem Rico, Guilherme Leme, um rapaz trabalhador, que ajudou a criar o irmão mais novo, Rei. Rico sempre se perde quando o assunto envolve mulheres e costuma usar a expressão “levar uns coelhos” quando se envolve com alguma garota.

Marina Lima é outra grande artista que embala as principais novelas dos anos 80/90 e nos anos 2000 é certamente presença conformada em rádios “cults”. Composta por Bebel Gilberto, Cazuza e Dé Palmeira, a canção dá o tom das cenas de Tonico, Tony Ramos, um cara atrapalhado, consumista, hipocondríaco, fala tão rápido que se atropela com as palavras.

A trilha internacional da protagonista Ana conta com Build, da banda The Housemartins, outro clássico dos anos 80.

Paralamas do Sucesso é certamente uma das bandas mais prestigiadas do Brasil. O Beco integra o tema geral da trama de Carlos Lombardi.

I Don’t Want to Live without You fez parte do romance vivido por Tonico e Ana, Tony Ramos e Isabela Garcia. A banda já vendeu mais de 50 milhões de cópias de discos desde que foi lançada em 1976.

A cantora Joana anda sumida das rádios e TVs, mas nos anos 80/90 fez muito sucesso por conta de suas canções que embalavam tramas da Globo. Com Amor Bandido, a cantora ajudava a contar a história de Ester, Patrycia Travassos, uma mulher casada que mantinha uma relação estranha com o seu marido, ela manda e desmanda na relação.

A banda australiana INXS já veio ao Brasil três vezes, 91,94 e 2002, com formações diferentes. Em novembro de 1997, o vocalista Michael Kelland foi encontrado morto em um quarto de hotel um dia antes de retomar a turnê pela Austrália. A causa da morte deixa dúvidas até hoje: suicídio ou bondage, quando um dos parceiros é amarrado durante o ato sexual. Never Tear Us Apart era a trilha do casal Rei e Raio de Luar, Guilherme Leme e Silvia Buarque.

José Augusto, assim como Ana Carolina, é figura certa em trilhas sonoras dos anos 80 e 90. Com De igual pra igual, o cantor embalou a vida de Soninha, Inês Galvão, que na história é casada com Tonico, Tony Ramos.

https://www.youtube.com/watch?v=NnasttlvOdk

Tem ainda clássicos como Wanderlea, com Me ame ou me deixe tema de Branca, Nicette Bruno.

https://www.youtube.com/watch?v=OGpQ-z0bR7c

Gal Costa com Viver e Reviver tema de Liminha, Armando Bógus.

Me Dá Um Alô de Solange, tema de Glória, Françoise Fourton.

Últimos vídeos do Canal no YouTube