Rodrigo Lombardi interpreta o personagem Adriano em Carcereiros
Rodrigo Lombardi interpreta o personagem Adriano em Carcereiros (Foto: Globo/Ramón Vasconcelos)

No episódio de Carcereiros que vai ao ar nesta terça-feira (21), o ator Osmar Prado vive Cacá, um empresário preso por corrupção e formação de quadrilha. Protagonizada por Rodrigo Lombardi, a série começa logo após Cine Holliúdy, na Globo.

Na história, Cacá dará um jeito de ganhar os presos da penitenciária Filinto Prates, mas termina colocando em risco a sua própria vida. E, de quebra, faz Adriano (Rodrigo Lombardi) ultrapassar algumas barreiras éticas. A forma que o criminoso encontra para ter a simpatia dos colegas de cela é comprá-los com quentinhas de comida da melhor qualidade.

Isso acontece justamente em um período em que Béco (Márcio Vitto), um dos líderes entre os presos, anda reclamando com Adriano sobre as refeições oferecidas no local.

Logo que as embalagens chegam aos presidiários, a comemoração rola solta. Todos aplaudem Cacá, exceto Béco, que não admite toda essa valorização a um preso recém-chegado. É a partir disso que Cacá é colocado contra a parede.

No entanto, a esperteza de toda uma vida lhe ajuda a sair da situação. O empresário concorda em oferecer um churrasco para todos os presidiários da cadeia com a participação do grande sambista Pérola Branca (Diogo Nogueira, em participação especial), no dia do aniversário de Béco.   O plano seria infalível, não fosse uma surpresa trazida pelo advogado de Cacá: a justiça congela os seus bens.

Sem recursos para produzir o evento prometido e com medo pela própria vida, Cacá só enxerga como saída a utilização de um dinheiro que está escondido na casa de sua mãe. Para ter acesso à quantia, precisa pedir ajuda a alguém de confiança. Alguém como Adriano.

Cacá (Osmar Prado) e Béco (Márcio Vitto) em ação na série Carcereiros
Cacá (Osmar Prado) e Béco (Márcio Vitto) em ação na série Carcereiros (Foto: Globo/Ramón Vasconcelos)

Adriano aceita ajudar Cacá

De início, o carcereiro nega a ajuda. Mas quando a mulher de Cacá, Bia (Aline Fanju, em participação especial), aparece na Filinto Prates contando que o filho do casal foi sequestrado, Adriano pensa duas vezes.

Enquanto isso, a vida pessoal também coloca o agente penitenciário diante de dois caminhos. Grávida de seu filho, Janaína (Mariana Nunes) aparece, durante uma noite, com lágrimas nos olhos. Ela exige que Adriano decida se está ou não está ao seu lado.

Frente a frente com a mulher que muito amou, ele percebe que nem mesmo o relacionamento com Érika (Letícia Sabatella) consegue se sobrepor ao sentimento que permeia a conversa, fazendo com que o carcereiro deixe a saudade falar mais alto.

Últimos vídeos do Canal no YouTube