Sylvinho Blau-Blau e Danilo Gentili (Foto: Gabriel Cardoso/SBT)

Nesta quinta-feira (06), Sylvinho Blau-Blau marca presença no programa The Noite. Em um bate-papo com o apresentador Danilo Gentili, o convidado fala sobre seus projetos atuais e detalhes da carreira.

Veja também: Eita! Mayra Cardi flagra marido, Arthur Aguiar, tomando banho

“Estou fazendo mais (shows) que outrora. Tem uma geração aí que não tem festa para ir e vai atrás da gente. Uma geração que não se reconheceu nas últimas décadas a nível de produção musical”, diz Sylvinho.

Cantando profissionalmente desde 1983, ele comenta a cobrança por músicas inéditas. “Não tenho muito tesão em lançar (música nova). Estamos fazendo shows pra caramba e eu tenho cinco horas de baile. Sou um intérprete”, explica.

Sobre ter rejeitado músicas que se tornaram sucessos, o artista recorda: “Whisky a Go Go, Chuva de Prata, Joga Fora, umas musiquinhas que não fizeram sucesso. Se eu me arrependi? Lógico”.

Além disso, Sylvinho também relembra o sucesso da música Ursinho Blau Blau. “Tenho o ursinho em casa, o original que a gente lançou. Está muito bem guardado, na caixinha… A Abshyntho não teve só o Blau Blau. Mas dele ninguém esquece. Não aguento mais carregar esse urso nas costas”, revela.

Já sobre ter posado nu, o cantor revela para Gentili que não se arrepende do trabalho realizado. “Nem me toquei, mas fiz a revista quando tinha acabado de me batizar. Quando voltei na igreja ninguém falava comigo, aí me chamaram na sala do pastor. Eu falei: ‘qual o problema, Jesus também não andava de túnica?’. Hoje continuo sendo cristão, não sou mais um evangélico de participar da Igreja, mas amo Jesus Cristo”, conta Sylvinho.