Último episódio da Temporada do BBQ Brasil - Churrasco na Brasa

O programa BBQ Brasil – Churrasco na Brasa deste sábado, 15 de dezembro, chega à grande final. Cecília, Lisa e Rômulo disputam o troféu de melhor churrasqueiro do Brasil. Para conseguir este título, terão que enfrentar desafios inusitados e muito difíceis. “Sonhei demais com esse dia. Estar na final é mágico”, diz Rômulo emocionado. Já Lisa enfatiza o clima de paz durante as provas “paz é a palavra primordial para começar uma prova dessa”.

Na primeira etapa do programa, os 3 competidores terão que confeccionar a própria faca para preparar o churrasco. O primeiro passo, é desenhar o utensílio e o segundo, é aquecer o aço e moldar com incansáveis batidas. O processo é repetido por horas até o aço ganhar a forma de uma faca. Depois de 3 horas, a faca está pronta para ser utilizada no preparo do churrasco.

Leia também: Oscar 2019 | Academia vai revelar semi-finalistas de 9 categorias na próxima segunda

Detalhes da etapa

Para esta etapa, Chris Flores convida o vencedor da 2º temporada do BBQ Brasil, Fernando Schimanoski e o especialista Marcelo Shimbo, que dão dicas para preparar a proteína desta primeira prova e avaliar os resultados. Dahoui e Bertolazzi anunciam que a carne escolhida é a alcatra completa, que é composta por maminha, alcatra e picanha. É necessário separar a peça em 3 partes e cobri-las com sal: “não é nada fácil pegar uma peça inteira, ainda mais com osso, e conseguir separar cada corte da carne”, exalta Dahoui.

A churrasqueira usada será o infernilho, onde há calor por cima e por baixo. “O mais difícil é controlar o infernilho”, alerta Fernando. Quem fizer o melhor preparo, está na última etapa do programa. Ao final da prova, durante o resultado, devido à tensão e desgaste físico, Rômulo passa mal e tem que ser atendido pelos bombeiros. Após o susto, dois competidores partem para a segunda etapa da competição.

Leia também: Conheça elenco preliminar de Jezabel, macrossérie da Record TV

Segunda etapa de provas

Na segunda etapa de provas da grande final, os participantes recebem a visita de familiares e dos ex-participantes para animar e dar fôlego para que continuem firmes na competição. O churrasco a ser preparado será em estilo havaino, onde a proteína é enterrada para ser assada. Para isso, os competidores terão que usar uma retroescavadeira para abrir um buraco na terra e assar a pescada amarela. Dahoui e Bertolazzi exigem 3 acompanhamentos obrigatórios e dão o tempo de 3 horas de prova. Quem vencer, disputa a final com o vencedor da primeira etapa da competição.

O grande duelo na última etapa de prova, será disputado madrugada a dentro. Os dois finalistas poderão escolher, cada um, um ex-participante desta temporada para ajudá-los no preparo, que dessa vez, será preparar um boi inteiro. Para a entrega, Dahoui esclarece: “vocês vão escolher a parte que vocês querem do boi. Vejam o melhor. Que agora mais do que nunca, precisam entregar o melhor churrasco de suas vidas. Então observem muito bem qual pedaço vocês vão escolher”. O sono e a tensão atrapalham o preparo dessa peça inteira, mas não apagam a força dos competidores, que lutam pelo sonhado troféu e pelo prêmio de 50 mil reais. Quem assar a melhor peça do boi com acompanhamento vence o BBQ Brasil e será o melhor churrasqueiro do Brasil.

Últimos vídeos do Canal no YouTube