Aniversário de 4 anos do programa Como Será. Michelle Loreto
Aniversário de 4 anos do programa Como Será. Michelle Loreto (Divulgação/ TV Globo)

Sábado é dia de festa! O Como Será? completa quatro anos no ar no dia 11 ensinando como fazer uma comemoração saudável e sustentável. No quadro ‘Como faz’, Michelle Loreto – que substitui Sandra Annenberg na apresentação – recebe a produtora de eventos Tâmara Cristina Garkisch. Ela dá dicas de brincadeiras e decoração usando materiais reutilizáveis, além de ensinar a preparar quitutes como o bolo naked com açúcar orgânico, cacau puro e coco fresco natural.

A edição de aniversário também traz quatro reportagens especiais gravadas com câmera 360º. A proposta é convidar o público do programa a experimentar um novo olhar sobre uma realidade já conhecida. Na Rua do Ouvidor, no Centro do Rio de Janeiro, por exemplo, que tal desacelerar o passo e olhar em volta? Quantos pesquisadores estão envolvidos na produção de um concreto ecológico? E a praia, quantas possibilidades de inclusão e geração de renda podem ser criadas ao redor dela? O mesmo vale para o entorno de um rio como o Pinheiros, em São Paulo. Quantos olhares diferentes ele pode despertar?

Leia também: Marina Ruy Barbosa posa plena na Grécia e exibe barriga chapadíssima

“É muito gratificante ter a oportunidade de espalhar boas notícias e compartilhar experiências positivas para milhões de pessoas toda semana através do ‘Como Será?’. Quando você recebe o retorno do público, contando que a vida dele melhorou por causa de algo que colocamos no ar, nos sentimos transformados e motivados a buscar sempre o melhor para quem nos assiste”, acredita o diretor do programa, Maurício Yared.

Como Será? celebra o Dia dos Pais

Este sábado também é dia de celebrar os pais. No quadro ‘Hoje é dia de…’, Alexandre Henderson apresenta três histórias emocionantes: a do Beto, que teve sua vida transformada após adotar a Gabriela e conta como foi todo o processo; a do José, que tem uma ótima relação com a enteada, Danielle; e a do Armênio e do Luís, que são pais de três filhos gerados por barrigas de aluguel.

Na série ‘Além do voto’, o repórter Rogério Coutinho investiga como a internet pode se tornar uma ótima ferramenta de monitoramento político. Especialmente das atividades de deputados estaduais e federais e de senadores. No Rio de Janeiro, Rogério mostra o funcionamento da Casa Fluminense. Um espaço permanente para a construção coletiva de políticas e ações públicas para a cidade. Lá, foi desenvolvido o Painel do Legislativo, plataforma de navegação em que a população tem acesso à produção legislativa da Alerj. Em Brasília, o repórter conversa com os criadores e usuários do aplicativo Monitora Brasil. O aplicativo ajuda o cidadão a acompanhar o trabalho de senadores e deputados federais.

Últimos vídeos do Canal no YouTube