A jornalista Paula Saldanha está longe da TV desde 2014 (Foto: Divulgação / Veja)
A jornalista Paula Saldanha está longe da TV desde 2014 (Foto: Divulgação / Veja)

Sucesso da Globo entre as décadas de 70 e 90, Paula Saldanha está longe das telinhas desde 2014, quando então precisou se afastar para cuidar do marido, que lutava contra um câncer.

A jornalista e documentarista premiadíssima, é autora de mais de 40 títulos e antes de deixar a TV estava à frente do programa Expedições, na TV Brasil. Esse, aliás, é um projeto que se iniciou ainda na Rede Manchete, em 94, sendo transferido logo após para a TVE e Cultura.

Leia mais: Fantástico passa por sequência de problemas técnicos ao vivo

No formato, Paula exibia documentários sobre variados destinos brasileiros, destacando sempre os lugares em meio à natureza, bem como a história dos índios do país.

A dedicação a esse assunto rendeu a ela e ao marido diversos prêmios e a chance de participar de uma cerimônia indígena Kuarup.

Leia mais: Série exibida pela TV Brasil, A grande viagem é finalista do Emmy Kids Awards

“As pessoas normalmente não têm a dimensão de o que é ser homenageado com uma cerimônia de Kuarup, uma escolha das lideranças indígenas feita como se fosse eleição”, contou ela em entrevista ao site Notícias da TV.

Ela diz ainda que a experiência inspirou na criação de um novo material. “Resolvemos transformar esse reconhecimento tão especial que contou com a participação de mais de 800 pessoas, em um documentário”.

Leia mais: Audiência do Fantástico bomba com a cobertura das eleições

Paula Saldanha apresentando programa "Expedições" da TV Brasil
Paula Saldanha então apresentando programa “Expedições” da TV Brasil

Na Globo, Paula liderou o Fantástico e outros programas

A saber, entre os trabalhos mais marcantes de Paula Saldanha na televisão estão a apresentação, bem como sua atuação como repórter do Fantástico. A revista eletrônica semanal da Globo foi sua “casa” por quase 20 anos, mais precisamente entre 1974 e 1992.

Muita gente também lembra dela no comando do Globinho, um telejornal voltado para o público infantil, exibido na emissora da família Marinho de 77 a 83.

Leia mais: No Fantástico, Sônia Bridi viaja para conhecer histórias do projeto O Brasil Que Eu Quero

Paula admite que a saída do maior canal de TV do país foi uma escolha própria. Ela estava em busca de mais possibilidades para criar.

“Minha opção por deixar a Globo e ser uma produtora independente foi muito consciente. Você rala muito mais, talvez não ganhe o mesmo dinheiro, mas a liberdade de criação que você tem é muito mais gratificante”, contou.

Leia mais: Sob Pressão e Carcereiros são exemplos da evolução das séries da Globo

Paula Saldanha deixou a TV para cuidar do marido

Ainda em entrevista ao site Notícias da TV, a profissional revelou que preferiu dar uma pausa na atração para cuidar integralmente do companheiro, o documentarista e biólogo Roberto Werneck, com quem foi casada por 45 anos. Ele faleceu em 2016.

“Além de pai dos meus três filhos e avô dos meus três netos, ele era meu companheiro de vida, de trabalho, meu amigo e meu namorado”, assumiu Paula.

A saber, fora de produções televisivas, Paula Saldanha também se dedica a ONG’s ligadas ao meio ambiente, bem como agroecologia.

Últimos vídeos do Canal no YouTube