Lili Almeida no Mestre do Sabor
Lili Almeida no Mestre do Sabor (Gshow/Alexandre da Costa)

Uma prova em grupo com chocolate como ingrediente principal resultou, pela segunda vez, na imunidade do time José Avillez em mais um episódio de ‘Na pressão’. Os integrantes dos times de Kátia Barbosa e Leo Paixão seguiram para a segunda etapa da fase, cozinhando individualmente pratos contendo quiabo, abóbora e milho.

Amanda Grezzana e Ricardo Caldas foram eleitos os melhores na prova e os chefs Diego Gimenez e Lili Almeida acabaram eliminados da competição. Confira, a seguir, como foi a experiência dos eliminados no Mestre do Sabor.

O que significou participar do ‘Mestre do Sabor’?

Diego Gimenez: “Para mim? Muito. Deus sempre nos surpreende e eu creio muito nisso. Vou continuar trabalhando com o mesmo empenho, o mesmo amor e a mesma criatividade. Aliás, a mesma não, o triplo! Estou deixando a cozinha do ‘Mestre do Sabor’ com um uma garra de vencer muito maior, com a vontade de mostrar para este mundo quem sou eu e para que eu me dedico tanto na gastronomia. 

O programa me ajudou a encontrar minha identidade na cozinha, me mostrou que agora estou no momento de dar alguns passos para trás para pegar um impulso maior no momento de voar. Quero um dia inspirar novos cozinheiros, assim como outros milhares de chefs me inspiram. E eu vou chegar lá! Também tinha o grande sonho de conhecer o chef Claude Troisgros pessoalmente. Eu estudo e estudei muito a família dele, desde seu pai, o mestre da gastronomia moderna.”

Lili Almeida: “Com certeza a minha mais surpreendente vivência profissional até aqui. Representa a brilhante oportunidade de me colocar e me ver de outra forma, com outros olhos, me enxergando como referência e potência. Essa experiência está me dando consciência e gás para novos sonhos. Tenho a certeza de que posso chegar onde eu quiser.”

Como foi relacionamento de vocês com os mestres Leo Paixão e Kátia Barbosa, respectivamente, e com os demais chefs integrantes do time?

Diego: “Maravilhoso. Com certeza fiz grandes amigos por aqui que levarei para a vida toda. O mais legal é que eu já tenho onde me hospedar no Brasil inteiro. Isso não é demais? (risos). Meu contato com o Leo foi pouco, ficamos juntos em dois episódios, apenas, mas eu admiro muito o seu trabalho e não foi à toa que eu o escolhi para ser meu mentor. 

Ele tem uma história linda na gastronomia e está apenas no início. Acho a pegada da cozinha dele muito parecida com a minha. Minha escola é de cozinha francesa e eu adoro dar uma “francesada” na maravilhosa comida brasileira.”

Lili: “Melhor time! Aliás, todos os times são formados por pessoas incríveis. Até aqueles com quem tive menos aproximação são notoriamente pessoas brilhantes. Foi uma honra trabalhar ao lado da querida chef Kátia Barbosa, uma das minhas grandes referências na culinária brasileira, e é uma inspiração meteórica presenciar Fernando Vaz e Felipe Oliveira, dois grandes chefs, em ação.

É contagiante conviver com a cozinha cheia de personalidade da minha amiga Seichele Barboza. Uma gentileza para a alma se permitir dialogar com a sensibilidade do chef Marcelo Cotrim. Uma surpresa maravilhosa descobrir a doçura potente da gigantesca Amandinha Grezzana.

Uma sensação suave e emocionante receber a luz de Carolzinha Albuquerque e, sem sombra de dúvidas, uma surra de inspiração ver de perto a fenomenal Lira Müller com a mão na massa. Fui presenteada por esse time, essas pessoas mudaram minha concepção de culinária e criação. Foi uma honra sem tamanho estar cercada de pessoas tão apaixonadas e talentosas. Estou muito feliz e agradecida.”

E qual foi o maior aprendizado no reality?

Diego: “O de que nós somos capazes de tudo, basta acreditar.”

Lili: “Que quando a gente se conhece e acredita na gente de verdade, o impossível não existe, somos capazes de realizar coisas inacreditáveis. A vida é agora e tudo é aprendizado.”

O que vocês levam da experiência no ‘Mestre do Sabor’?

Diego: “Aprendi sobre cozinhar com simplicidade. O sabor é tudo. De tudo que vivemos tiramos experiências. Na gastronomia, quanto mais estudamos mais entendemos que nada sabemos. É um mundo gigantesco de um aprendizado sem fim.”

Lili: “Concentração. Focar no que se tem de melhor, olhar para si mesmo e acreditar. A missão está bem aí dentro de cada um, sigamos!”

E agora, quais são planos?

Diego: “Estudar, estudar, estudar e montar a minha tão sonhada “Casa Gimenez”, um restaurante que replicará a minha casa, a minha essência e a minha escola. Pode ser em uma casa bem antiga ou um roof top, estou amando cozinhar nas alturas (risos). Espero também participar de muitos eventos, montar workshops, cozinhar com meus amigos participantes… Vamos ver no que vai dar! O futuro só a Deus pertence e sei que o melhor ele fará.” 

Lili: “Reinauguro neste mês de novembro o meu restaurante, a Casa Dona Lili. Estou ansiosa e feliz para receber meus amigos e convidados. Estou dando continuidade a projetos pessoais e profissionais e abraçando novos trabalhos que se multiplicaram pós-Mestre do Sabor.

Quero continuar lapidando minha técnica e minha comunicação para me manter excelente como agente transmissor de informação e cultura. Acabo de encerrar essa participação com a plena sensação de que nada acabou, está tudo começando agora. Estou prontinha para abraçar essa luz linda que a vida tem me apresentando diariamente. E espero todos em Salvador!”

‘Mestre do Sabor’ é um formato original Globo, com direção artística de LP Simonetti e direção geral de Aida Silva. O reality gastronômico vai ao ar às quintas-feiras, logo após ‘A Dona do Pedaço’.

Últimos vídeos do Canal no YouTube