Julián Gil e José Ron como Bruno e Gustavo em A Que Não Podia Amar (Reprodução / YouTube)
Julián Gil e José Ron como Bruno e Gustavo em A Que Não Podia Amar (Reprodução / YouTube)

Bruno (Julián Gil) não desiste de prejudicar Rogério (Jorge Salinas). Nos próximos capítulos de A Que Não Podia Amar, o vilão acusará o dono da Fazenda do Forte de ter sido o mandante do violento assalto que Gustavo (José Ron) sofreu no início da história.

Ele faz isso ao encontrar Gustavo por acaso nas ruas de São Gabriel. “Gustavo, que bom te ver!”, cumprimenta o advogado do mal, afetando simpatia. “Não seja cínico. Você não me suporta e eu a mesma coisa. Sigo convencido de que foi você quem ordenou que me batessem”, retruca o engenheiro, franco.

Bruno então aproveita e afirma ter algo muito importante a dizer sobre essa questão. “Agora que já não tenho qualquer relação com o Rogério Monteiro, posso te dizer. Eu realmente paguei o Rodrigo (ator não escalado) para te dar uma surra”, admite o amante de Vanessa (Mar Contreras). “Eu sabia!”, brada Gustavo, pegando o vilão pelo colarinho.

Bruno, no entanto, mantém o sangue frio e pede ao irmão de Mercedes (Anaís) que se acalme. “Eu apenas estava cumprindo com a tarefa que me deram”, justifica-se, mentiroso. “Quem? Quem te mandou me bater?”, questiona Gustavo. “O Rogério. Rogério Monteiro”, responde Bruno.

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos de A Que Não Podia Amar

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV Globo, SBT, Record TV e Band.

Últimos vídeos do Canal no YouTube