Ana Martín como Maria em A Que Não Podia Amar (Reprodução / Televisa)
Ana Martín como Maria em A Que Não Podia Amar (Reprodução / Televisa)

Maria (Ana Martín) vai mostrar que não é tão ingênua quanto parece. Nos próximos capítulos de A Que Não Podia Amar, a empregada de Rogério (Jorge Salinas) começará a desconfiar de que sua filha, Cíntia (Susana González), pode não ter lhe dito a verdade sobre as circunstâncias em que matou Elias (Fabián Robles).

Com a pulga atrás da orelha, Maria a confrontará abertamente durante uma visita da vilã a ela na prisão. “Filha! Até que enfim você veio!”, alegra-se ela ao receber Cíntia diante de sua cela. “Maria, o que você quer? Não posso deixar tanto tempo a menina sozinha!”, questiona a vilã, seca e apressada.

A empregada de Rogério (Jorge Salinas) revela então o motivo de suas preocupações. “Bruno (Julián Gil) disse algo que me preocupou. Que, com essas investigações que estão fazendo, concluíram que nem você, nem a bebê tinham marcas de qualquer tipo de agressão”, relata.

Contra a parede

Diante do silêncio da filha, Maria se preocupada ainda mais. “Por favor, Cíntia, me diga a verdade. O Elias realmente tentou fazer algo contra você e a minha neta?”, questiona, direta, a madrinha de Consuelo (Michelle Ramaglia).

A reação violenta de Cíntia, no entanto, pega a presidiária de surpresa. “Como se atreve a me dizer isso?! Depois de ter me traído!”, queixa-se Cíntia, tomando Maria agressivamente pelo pulso. “Eu? Do que está falando?”, pergunta Maria, de fato sem entender. “Quem mais pode ter dito ao Bruno que eu matei o Elias?”, acusa a esposa de Gustavo (José Ron).

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos de A Que Não Podia Amar

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV Globo, SBT, Record TV e Band.

Últimos vídeos do Canal no YouTube