Maria da Paz (Juliana Paes) enfrenta mais um obstáculo ao se aproximar de Amadeu (Marcos Palmeira), em A Dona do Pedaço. Ela procura o advogado para dar apoio, no hospital, logo após a morte de Gilda (Heloísa Jorge). Ao chegar no local, ela conversa com o amado, mas é surpreendida por Carlito (Gabriel D’Aleluia).

O menino não gosta de ver a rival de sua mãe, ali. “Sai daqui. Já veio atrás do meu pai? Sai daqui. Vai embora, Maria da Paz”, dispara, assustando a protagonista, que responde. “Carlito, eu vim dar um abraço, um apoio. Eu nunca quis a infelicidade da sua mãe. Nunca quis a separação dos seus pais”, avisa.

O garoto explica que ouvia as conversas dos pais e que sua mãe tinha medo que Amadeu fosse embora por causa de Maria da Paz. “Minha mãe sofria!”, diz. “Eu nunca quis que ela sofresse, Carlito. Ainda mais quando eu soube que tava doente. Nunca”, garante Maria da Paz. Neste momento, Sílvia (Lucy Ramos) se intromete e diz ali, no corredor, não é um local para discutir.

Sobrando

Rael (Rafael Queiroz) e Chiclete (Sérgio Guizé) começam a se estranhar e Maria põe panos quentes. “Não! Ela… a Sílvia tá certa. Não é o momento para reviver antigos ódios. Carlito, eu vim com a melhor das intenções. Me dá um abraço”, pede. Carlito se recusa, Amadeu incentiva ele, mas a protagonista diz para precisa dar um abraço forçado.

Na sequência, ela percebe que, realmente, está sobrando ali e se despede de todos. No final, dá um recado para Amadeu: “Não vai brigar com seu filho agora. Quem tá demais aqui sou eu. Que a Gilda vá em paz”.

As cenas vão ao ar a partir do capítulo 91, em 2 de setembro.

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos da novela A Dona do Pedaço

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV Globo, SBT, Record TV e Band.

Últimos vídeos do Canal no YouTube