O Tempo Não Para (DIvulgação)
O Tempo Não Para (DIvulgação)

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, a família Sabino Machado sentirá na pele, a rejeição, já que devido a Petra (Eva Wilma), que relatará aos meios de segurança, que os congelados são um risco a saúde pública, já que um deles, porta em seu organismo, um vírus perigosíssimo. Dom Sabino (Edson Celulari) e os seus agregados passarão por vários apuros.

Leia mais: O Tempo Não Para: Para impedir que Marocas seja mantida prisioneira da Criotec, Samuca sugere ‘sequestrá-la’

As gêmeas serão proibidas de frequentar a escola, Miss Celine (Maria Eduarda de Carvalho) será proibida de lecionar, Dona Agustina (Rosi Campos) será proibida de ir à igreja; e a loja de Marocas (Juliana Paiva), recém inaugurada, não receberá nenhum cliente, já que todos ficarão preocupados com o tal vírus.

“Não posso acreditar!… Vocês fizeram isso mesmo àquelas meninas?”, dirá Helen (Rafaela Mandelli), se referindo a rejeição dos congelados.

“Não há outra saída… As gêmeas, toda a família e todos os agregados são uma ameaça à saúde pública”, acrescentará Mateus (Raphael Viana), deixando Helen irritada.

Leia mais: O Tempo Não Para: Lúcio propõe a Petra recursos financeiros em troca do vírus descoberto

Diretos dos congelados

Petra dirá a assistente que os congelados precisam ser monitorados dentro da Criotec.

“Enquanto não os trouxermos de volta, temos o dever de limitar ao máximo a convivência deles com pessoas saudáveis… normais”, pontuará a cientista.

Helen dirá a Petra que eles estão violando vários ‘direitos’ dos congelados, um deles, o de ir e vir. “Pessoas normais?… Nós estamos violando direitos básicos!”, dirá Helen. “Em nome da segurança nacional!”, acrescentará Mateus.

“Tô chocada… Vocês não tem limites!”, sentenciará Helen, se referindo as proibições em torno dos congelados. “Eu preciso do seu trabalho, não da sua opinião, Helen. Recolha-se à sua mediocridade”, finalizará Petra, deixando Helen irritada com a situação.

Últimos vídeos do Canal no YouTube