Amelia (Letícia Persiles) e Mariko (Jacqueline Sato) de Orgulho e Paixao
Amélia (Letícia Persiles) e Mariko (Jacqueline Sato) de Orgulho e Paixão (Divulgação/TV Globo)

Em Orgulho e Paixão, na Globo, Amélia (Letícia Persilles) acredita que não sobreviverá ao parto de seu filho. Doente desde o início da trama, a esposa de Jorge (Murilo Rosa) considera que é um milagre ter prolongado sua vida e ainda ter gerado um bebê. Agora, ela vê na amiga e médica Mariko (Jacqueline Sato) alguém para cuidar da criança no futuro. Confira.

“O Vale sempre foi tão leve, mas nas últimas semanas foram tantos enterros. Primeiro o pai de Ernesto, depois Lorde Williamson e agora o Barão. Perceber a finitude é tão angustiante”, falará Amélia, tricotando. “Tudo faz parte de um ciclo. Inclusive a morte”, dirá Mariko.

Veja também: Briana se revela para Darcy e Elisabeta, em Orgulho e Paixão, na Globo

“Sabe, eu não tenho medo da morte. Ela me acompanha há anos e sou grata por ter tido mais tempo do que os médicos imaginavam”. “O que importa é que você está bem agora! E que está ficando lindo esse cachecol. Pena eu não saber usar essas agulhas. Adoraria tricotar uma lembrança para o seu neném”.

A emoção toma conta de ambas

“Minha amiga tão especial… Eu quero que você possa dar uma lembrança muito mais importante que qualquer outra: que passasse todas as lembranças e ensinamentos que eu gostaria de dar ao meu filho. Que ele saiba o quanto foi amado enquanto estava aqui dentro… Você sente Mariko? Sente ele mexer?”, perguntará com as mãos da médica em sua barriga.

“Sim, Amélia, eu sinto… Sou sua médica e de seu filho e…”. “É diferente, minha querida… Não pergunto se você sente seu pequeno paciente… Pergunto se você sente a vida dentro de mim, essa vida que tem um futuro que não é o meu, mas que pode ser o seu! Sim, você sabe que não irei sobreviver, que a luz dele será minha escuridão…”.

“Amélia… Eu…”, dirá chorando. “Não, não chore por mim, só diga sim, diga que aceita ser a mãe dele, que aceita dar a ele toda beleza que existe dentro de você…”. “Por que eu…?”. “Por que não você, que me olha com olhos doces e cuidadosos? Eu não sou tola. Sei que me tornei uma pessoa importante no seu coração. Não… Não… Shhhh… Não quero me aproveitar dos seus sentimentos, não é isso… É que sei que seu coração é lindo e enorme, o coração de uma médica que ama seus pacientes, ama curá-los, mas mais que tudo que faz questão de dar alento aos que não têm salvação…”.

E Amélia continua: “Não sei quem Jorge escolherá pra refazer sua vida, mas ele concordou que seria um privilégio para o nosso bebê ter uma mãe como você…”. “Sim, Amélia, eu aceito… Prometo não te decepcionar e seu filho vai saber a sorte que deu em vir ao mundo através de você. Seu pedido é a coisa mais linda que poderia acontecer na minha vida. Obrigada”, concluirá emocionada.

Últimos vídeos do Canal no YouTube