Gabigol comemora gol pelo Flamengo contra o Grêmio
Gabigol comemora gol pelo Flamengo: título faz Globo bater recorde de Ibope com Brasileirão em 2019 (Reprodução/Globo)

A Globo já tem totalmente definido o seu esquema de cobertura da final da Libertadores da América entre Flamengo x River Plate, realizado no próximo dia 23 de novembro, um sábado, às 17h, em Santiago, no Chile. A emissora enviará um número de profissionais equivalente a uma cobertura do dia a dia de Seleção Brasileira em uma Copa do Mundo.

Segundo apurou o Observatório da Televisão, serão enviados ao todo 50 profissionais de todo o Esporte do Grupo Globo. O número se assemelha a quantidade de profissionais que são designados para cobrir a Seleção Brasileira em um Mundial. Na Copa da Rússia do ano passado, foi esse o total de profissionais que ficaram apenas na cobertura do Brasil.

Na frente de toda essa equipe, estará o narrador Galvão Bueno, que vai narrar a partida para a Globo. O mesmo esquema da semifinal será feito na finalíssima: o SporTV fará um pré-jogo caprichado e maior com os detalhes da partida, enquanto o jogo em si será mostrado na emissora aberta.

O principal repórter que será escalado para a cobertura deste jogo será Eric Faria, que já é setorista do Flamengo normalmente. A Globo também terá edições ao vivo do Globo Esporte Rio, com Alex Escobar, diretamente do Estádio Nacional de Santiago. A emissora pretende intensificar a cobertura pelo menos uma semana antes dela ocorrer.

A Globo tem os direitos exclusivos da transmissão da Libertadores para TV aberta, mas não pode exibir a partida em TV paga. Em TV fechada, apenas o Fox Sports transmitirá o jogo na televisão por assinatura. A expectativa é que ambas as emissoras conquistem recordes de Ibope com a partida.

Últimos vídeos do Canal no YouTube