Elenco de Mundo da Lua
Elenco de Mundo da Lua (divulgação)

No dia 06 de outubro de 1991, entrava no ar pela TV Cultura a série infantil Mundo da Lua. Um dos programas mais queridos da emissora, a série sobre os sonhos e fantasias do menino Lucas Silva e Silva (Luciano Amaral) conquistou uma legião de fãs, que se divertia com o cotidiano de uma típica família de classe média.

Lucas era o protagonista de Mundo da Lua. Aos 10 anos de idade, o garoto vive aquela fase em que a infância está chegando ao fim e os questionamentos já não cabem na cabeça. Ele é filho de Rogério (Antonio Fagundes), um professor que se desdobra em três empregos para manter a família; e Carolina (Mira Haar), uma mãezona típica, que cuida da casa e também trabalha em uma boutique. Sua irmã mais velha é Juliana (Mayana Blum), uma adolescente romântica e que vive implicando com o irmão. Toda a família vive na casa de Orlando (Gianfrancesco Guarnieri), pai de Rogério, um avô amoroso e terno. E há ainda a empregada Rosa (Anna D’Lira), que está sempre ouvindo no rádio o programa de Ney Nunes (Dorvilles Pavarina) e conversando com ele (que costuma respondê-la sempre).

O primeiro episódio de Mundo da Lua mostra a festa de aniversário de Lucas. A casa está cheia de gente, incluindo aí os parentes de Lucas, que aparecem na série de vez em quando, como sua tia Roberta (Lucinha Lins) e seu tio Dudu (Flavio de Souza), irmãos de Rogério, e também sua tia Marli (Cristina Mutarelli), irmã de Carolina, além de sua avó Ivone (Liana Duval), a vizinha dona Lila (Laura Cardoso), e também seus primos e agregados. Lucas está ansioso para ganhar o videogame que sempre sonhou, no qual poderá jogar o jogo do Blixto, seu preferido. No entanto, o menino só ganha presentes sem graça e se chateia. Orlando, percebendo a decepção do neto, lhe dá um presente especial: um antigo gravador. O menino adora a traquitana e avisa ao avô que o usará para gravar o seu “diário de bordo”.

E é assim que, a cada episódio, Lucas vive uma situação familiar típica de sua idade que o deixa chateado ou incomodado e, aí, recorre ao seu gravador. Começando sempre com a frase “alô, alô, planeta Terra chamando! Planeta Terra chamando! Esta é mais uma edição do diário de bordo de Lucas Silva e Silva, falando diretamente do Mundo da Lua, onde tudo pode acontecer…”, o garoto criava muitas histórias. Todas elas baseadas nos problemas em que vive, e com as soluções que ele queria que acontecesse. No entanto, quase sempre, as histórias terminavam de um jeito um tanto estranho, e o garoto acabava aprendendo uma lição.

Em suas aventuras imaginárias, Lucas já se imaginou como um astro, já viveu num mundo em que não precisava tomar banho, já visitou o Japão por meio de uma passagem em seu guarda-roupa, já viveu aventuras com um personagem de videogame, e até já foi à Lua (duas vezes)! E suas fantasias permeavam as histórias de sua família, que iam evoluindo a cada episódio. Lucas acompanhou a gravidez da mãe, viu o avô Orlando começar um namoro com a dona Lila, e se divertiu com seu engraçado tio Dudu, além de ver suas tias Marli e Juju (Denise Fraga) desfazerem uma inimizade de anos. Sempre em roteiros inteligentes, didáticos e muito divertidos.

Antes de chegar ao formato com o qual foi ao ar, Mundo da Lua chegou a ter uma primeira versão com várias diferenças. Originalmente, a família viveria em um apartamento, e não numa casa. Gianfrancesco Guarnieri não estava no elenco, e o vô Orlando foi feito por outro ator. Outra mudança era a avó Ivone, que foi vivida, neste piloto, por Etty Fraser. Em uma postagem numa rede social, o ator Luciano Amaral contou que foram gravados quatro episódios neste formato, mas a série foi reformulada logo em seguida. Etty Fraser acabou não fazendo a dona Ivone, que ficou com Liana Duval, mas a atriz chegou a participar de Mundo da Lua, vivendo Iolanda, tia-avó de Lucas.

Mundo da Lua, originalmente, era exibido aos domingos, mas logo ganhou a programação diária da TV Cultura. Seus 52 episódios foram exibidos entre outubro de 1991 e setembro de 1992, sempre com boa audiência. Gravado entre maio de 1991 e julho de 1992, o programa contava com as ilustres presenças de Antonio Fagundes e Gianfracesco Guarnieri, então dois funcionários da Rede Globo que foram cedidos pela emissora para participar da série.

Mundo da Lua contava com luxuosas participações especiais: além das já citadas Laura Cardoso, Liana Duval, Cristina Mutarelli, Etty Fraser, Denise Fraga e Lucinha Lins, a atração contou também com as presenças de Ken Kaneko (tio Kato), Edson Celulari (São Jorge), Marisa Orth (Monalisa), Norma Geraldy (dona Júlia) e Caio Blat (integrante dos Big Bad Boys, conjunto musical preferido de Juliana), entre muitos outros. Mira Haar, a atriz que vivia a mãe Carolina, era casada com Flávio de Souza, criador da série e que dava vida ao tio Dudu. Já Mayana Blum, a Juliana, é filha da atriz Norma Blum e do compositor Zé Rodrix.

A série contava com uma estrutura simples, já que praticamente todo o seu enredo se passava na casa da família Silva e Silva. O exterior da casa, que aparecia na abertura da série e também em cenas externas, era de uma casa no Jardins, bairro de São Paulo, e existe até hoje. No entanto, seu interior foi reproduzido em estúdio, onde se passava a maior parte das cenas. Mundo da Lua teve seus episódios reprisados pela TV Cultura por diversas vezes, o que ajudou a perpetuar a série no imaginário infantil. Mundo da Lua também teve seus episódios apresentados na Globo, TVE e TV Rá-Tim-Bum, onde é exibida até hoje.

Mundo da Lua foi criado por Flávio de Souza, que foi, também, o responsável pela maior parte dos roteiros dos 52 episódios. Outros roteiristas foram Cláudia Dalla Verde, Fernanda Pompeu, Ricardo Gouveia, Fernando Bonassi, Tatiana Belinky e Roberto Vignati. O episódio piloto foi dirigido por Marcos Weinstock, sendo que o restante da temporada teve a direção de Roberto Vignati.

Leia também:

Há 30 anos, estreava a novela Carmem

Relembre o primeiro episódio de Mundo da Lua:

Últimos vídeos do Canal no YouTube