Júlio (Antonio Calloni) em Éramos Seis
Júlio (Antonio Calloni) em Éramos Seis (Reprodução)

A saúde de Júlio (Antonio Calloni) vai de mal a pior em Éramos Seis. Depois de fazer uma cirurgia por conta de uma úlcera, o homem vai abusar da sorte, não cumprindo corretamente os cuidados prescritos no pós-operatório. Além de burlar o repouso, ele acaba tendo fortes emoções ao encontrar com Marion (Ellen Rocche) e descobrir que ela foi visita-lo no hospital, e até conheceu Lola (Gloria Pires).

Sozinho no quarto, ele sente uma dor muito forte, tenta se acalmar, andar um pouco pelo quarto, mas a dor não cede. Ele começa a tossir, e percebe que acabou tossindo sangue. Ele lava as mãos assustado, mas disfarça quando Lola aparece.  

Mais tarde, ele pede que o filho Carlos (Danilo Mesquita) o examine. Como quem não quer nada, pergunta ao filho se pode sair sangue pela sua boca, deixando o rapaz assustado: “Você cuspiu sangue, papai?”, pergunta, e Júlio nega: “Não. Claro que não… Perguntei por que… Você que falou em sinal!”.

Mas Carlos fica desconfiado, e manda a real: “Sangue não é sinal, é emergência. Aconteceu

isso?”, pergunta mais uma vez deixando o pai muito irritado. “Não precisa se irritar, pai. Sangue significa um sangramento digestivo alto. Aí não tem jeito, é internação imediata”, diz. Como só pensa em sua futura loja, o homem minimiza a própria saúde, mentindo para todos ao redor.

As cenas estão previstas para ir ao ar no capítulo 50, que será exibido na quarta-feira, 27 de novembro.

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos da novela Éramos Seis

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV Globo, SBT, Record TV e Band.

Últimos vídeos do Canal no YouTube