Lola, de Éramos Seis
Lola, de Éramos Seis (Reprodução)

Júlio (Antonio Calloni) é surpreendido por Assad (Werner Schünemann), em Éramos Seis. O turco decide convidá-lo para ser seu sócio, já que a loja de tecidos está crescendo muito. A notícia pega os protagonistas de surpresa e Lola (Gloria Pires) acha absurdo o fato do marido aceitar a oferta.

“Estou inconformada. Como foi capaz de topar o negócio com o turco?”, pergunta Lola. “Queria que eu recusasse? O meu chefe me propõe sociedade e eu falo: “sinto muito, não quero subir na vida, não quero ser sócio da loja de tecidos”. É isso que queria que eu dissesse?”, questiona Júlio.

Para ele, não há possibilidade de perder essa oportunidade, enquanto ela não vê possibilidade de levantar o capital necessário para entrar como sócio. “Isso se arranja. A sorte não vai bater duas vezes na minha porta! O chefe me escolheu. A mim, Júlio Abílio de Lemos! Na hora senti a perna tremer, o coração disparar, engasguei, mas é uma grande chance, não posso perder… Ele podia ter oferecido a sociedade a qualquer outro. Ao Almeida, que é mais jovem. Ao Elias, que é amigo da família dele, turco que nem ele. Mas não, falou comigo”, argumenta Júlio.

E mais!

Lola pergunta se Assad acha que eles são ricos. “Ricos não… Pensa que somos proprietários de uma casa na Avenida Angélica. Nunca falei do financiamento. Chefe não gosta de lamentação”, responde Júlio.

“Ele desconhece o nosso aperto e você parece que esqueceu… não temos 50 contos, mal temos pra pagar a nossa prestação, este ano está maior, temos uma multa com juros em cima”, conclui Lola.

As cenas estão previstas para irem ao ar no capítulo 12, que será exibido no sábado (12).

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos da novela Éramos Seis

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV Globo, SBT, Record TV e Band.

Últimos vídeos do Canal no YouTube