Fox Sports Rádio, principal programa do Fox Sports: Disney não consegue vender emissora e negócio será revisado pelo Cade (Divulgação/Fox Sports)

Notícia da TV

Cade adia prazo e diz que Disney precisa vender Fox Sports até fim de novembro

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) decidiu estender até o fim de novembro o prazo para a Disney vender o Fox Sports. O pedido foi da própria Disney e foi atendido pelo Conselho. O antigo prazo era até o fim de setembro e não foi cumprido. O fato confirma a tendência de adiamento da venda da emissora esportiva e também que existem negociações bastante avançadas para o fechamento de acordo.

Segundo apurou o Observatório da Televisão, a única com conversas ainda ativas é a Fox americana, que quer adquirir outras emissoras FS pela América Latina. O DAZN desistiu de adquirir a emissora. A Disney espera concluir as negociações até lá, até para fazer os investimentos que deseja na ESPN Brasil sem ter problemas jurídicos.

Vale lembrar que o Fox Sports precisa ser vendido para que a fusão entre Disney e Fox seja aprovada no Brasil. No entanto, o novo Governo tem ensaiado uma mudança na legislação da televisão por assinatura que pode favorecer esse negócio. No entanto, tal discussão ainda está em passos lentos.

Enquanto a venda não é finalizada, o Fox Sports vai tocando a sua vida. Recentemente, profissionais como João Guilherme, Paulo Vinícius Coelho, Benjamin Back, o ex-jogador Edmundo, entre outros vários nomes assinaram novos vínculos por um ano. O planejamento ocorre porque a atual Fox, que é uma espécie de “canal independente” enquanto busca um comprador, espera a definição do seu futuro.

Os contratos com esses profissionais não podem ser longos porque a transferência de uma empresa para outra, quando o Fox Sports for vendido, precisa ser facilitada. Atualmente, o Fox Sports vive uma boa fase em audiência. O canal é segundo colocado entre os canais esportivos e consegue a liderança em vários horários, principalmente com jogos exclusivos da Copa Libertadores e o programa Fox Sports Rádio. 

Procurado oficialmente pela reportagem, a Disney diz que não comenta sobre o assunto.

Conteúdo patrocinado

Outras notícias

Observatório do Cinema

Observatório dos Famosos

Observatório G