Loco Abreu em versão do Topa ou Não Topa no Uruguai
Loco Abreu em versão do Topa ou Não Topa no Uruguai: ídolo do Botafogo vai apresentar programa (Reprodução/Teledoce)

Ídolo do Botafogo, onde jogou entre os anos de 2010 e 2012, o atacante Sebastián “Loco” Abreu decidiu apostar na carreira de apresentador de televisão. Nesta última segunda-feira (9), a Teledoce, uma das maiores redes de televisão do Uruguai, anunciou que Loco Abreu vai apresentar o programa Trato Hecho, uma versão local do Topa ou Não Topa, apresentado por Patrícia Abravanel no SBT.

Em seu site oficial, a Teledoce anunciou que espera inscrições dos telespectadores. O prêmio final será de 1 milhão de pesos (R$ 208 mil). No site do programa, Loco Abreu diz que “a sorte a sua intuição podem mudar sua vida para sempre”. Trato Hecho não tem uma data de estreia definida.

Além disso, em um vídeo, Loco Abreu convida os espectadores para se inscreverem. Será a primeira vez que ele apresenta um programa de entretenimento na TV, mas não sua primeira experiência na televisão. Ele foi comentarista da ESPN Brasil durante a Copa do Mundo de 2014. Ele também fez um talk show de futebol durante a Copa de 2010.

Quando jogou no Brasil, Loco Abreu, de 42 anos, foi um ídolo. Em 105 jogos pelo Botafogo, marcou 75 gols e foi ídolo da torcida uma época de poucas alegrias para os adeptos da estrela solitária. Também jogou no Grêmio, Figueirense, Bangu e Rio Branco (ES) aqui no Brasil.

No Brasil, o Topa ou Não Topa já teve três versões produzidas. A primeira foi por Silvio Santos e a segunda por Roberto Justus. A terceira estreou em agosto e está sendo apresentada por Patrícia Abravanel, filha do dono do SBT. O programa é exibido nas tardes de sábado.

Veja a chamada com Trato Hecho com Loco Abreu:

Últimos vídeos do Canal no YouTube