Ivete Sangalo, Michel Teló, Lulu Santos e Iza, técnicos do The Voice Brasil
Ivete Sangalo, Michel Teló, Lulu Santos e Iza, técnicos do The Voice Brasil (Foto: Globo/ Victor Pollak)

A oitava temporada do The Voice Brasil estreia no próximo dia 30 de julho, cheia de novidades na tela da Globo. Uma delas é a chegada da cantora Iza no time de técnicos da atração. A voz do hit Dona de Mim está substituindo Carlinhos Brown, que se dedicará apenas ao formato infantil do programa.

Além de Iza, a nova edição do The Voice também receberá Jeniffer Nascimento. No ar como Kika, em Verão 90, a atriz será responsável pela cobertura dos bastidores, trazendo detalhes exclusivos e curiosidades de todas as etapas vividas pelos participantes.

“Estou muito feliz com esse novo desafio de participar da família ‘The Voice’, que, assim como a minha vida, gira em torno da música. Espero somar mais energias a esse programa”, afirmou Jeniffer.

Confessando ter treinado a apresentação na frente do espelho, a artista completou: “Eu me envolvo muito durante as audições, torço por todo mundo. Como eu já vivi isso, eu tento sempre passar uma mensagem positiva para as pessoas. Tem sido muito legal.”

Tiago Leifert e Jennifer Nascimento no The Voice Brasil
Tiago Leifert e Jennifer Nascimento no The Voice Brasil (Foto: Globo/ Victor Pollak)

Sob direção artística de Creso Eduardo Macedo, o reality musical da Globo também teve sua dinâmica modificada. Agora, o botão “bloqueio” ficará por mais fases à disposição dos técnicos: Ivete Sangalo, Michel Teló, Lulu Santos e Iza.

Ivete Sangalo no palco do The Voice Brasil
Ivete Sangalo no palco do The Voice Brasil (Foto: Globo/ Victor Pollak)

Novas formações de grupo nas batalhas também prometem agitar a competição, que oferece como prêmio final R$ 500 mil e um contrato com a Universal Music. O The Voice Brasil será exibido nas noites de terças e quintas-feiras.

Saiba o que permanece e o que muda em cada uma das fases:

Audições às cegas

Na primeira fase, os candidatos se apresentam e são avaliados apenas pela voz. Os técnicos viram suas cadeiras e montam seus times: Time Ivete, Time Iza, Time Lulu e Time Teló. Se mais de um técnico virar, o participante é quem escolhe com quem quer trabalhar. No total, serão 64 vozes aprovadas, 16 em cada time. O temido – e divertido – botão de bloqueio está disponível durante toda esta fase. Com ele, os técnicos podem bloquear uns aos outros, dificultando ainda mais as escolhas do colega ao lado e impedindo que o talento opte por ingressar no time do rival. O técnico só saberá que está impedido de participar da disputa pela voz se virar sua cadeira.

Batalhas

Com as equipes formadas, os técnicos dividem seus times em duplas para duelar cantando a mesma música. Ao final da apresentação, ele decide qual dos dois candidatos permanece. Nesta etapa, os técnicos podem usar o famoso “Peguei” para resgatar os eliminados de cada performance. Com esse recurso, cada um poderá incluir até três novos participantes no seu time. O botão de bloqueio poderá ser usado também durante as ‘Batalhas’, tirando o time rival da disputa pelo candidato eliminado.

Michel Teló no The Voice Brasil
Michel Teló no The Voice Brasil (Foto: Globo/ Victor Pollak)

Rodada de fogo

A fase dá início aos shows ao vivo da temporada. Nela, os integrantes dos times se apresentam em duplas ou trios definidos pelos técnicos. Após a performance, cada técnico escolhe uma voz para deixar o programa.

Shows ao vivo

Nesta fase, os participantes de cada time são divididos em trios e quartetos definidos pelos técnicos e o público passa a ajudar na decisão final. Nas apresentações em trio, somente duas vozes seguem na competição: uma escolhida pelo técnico e outra salva pelo público por meio de votação no site do programa. Nas apresentações com quatro vozes, o técnico escolhe um participante para seguir no programa, o público salva uma voz por meio de votação e dois participantes são eliminados.

Iza no The Voice Brasil
Iza no The Voice Brasil (Foto: Globo/ Victor Pollak)

Semifinal

Dois candidatos de cada time se apresentam individualmente, mas apenas um segue para a grande final. Após o show, o público vota na sua voz predileta. Sem saber o resultado da votação, o técnico escolhe um dos participantes para receber uma pontuação bônus. O candidato que alcançar a maior pontuação, somando o voto do público e o bônus concedido pelo técnico, segue para a grande final representando o time.

Grande final

Na final, cabe ao público decidir quem será o campeão. O vencedor ganha um prêmio de R$ 500 mil e assina contrato a Universal Music.

Lulu Santos no The Voice Brasil
Lulu Santos no The Voice Brasil (Foto: Globo/ Victor Pollak)

Últimos vídeos do Canal no YouTube