Autora de Ouro Verde, Maria João Costa lista motivos pelos quais o público deve acompanhar a novela: “Uma história emocional”

Reverenciada mundialmente através do Emmy Internacional e com presença em mais de 60 países, a novela Ouro Verde chega ao Brasil pela Band na noite desta segunda-feira (15), às 20h20. Escrita por Maria João Costa, a superprodução da TVI tem como protagonistas os atores Diogo Morgado e Joana de Verona em uma trama de vingança com gravações no Rio de Janeiro, Amazônia e Madri. A autora marcou presença na coletiva de imprensa promovida pela Band na terça-feira (9) e contou em entrevista ao Observatório da Televisão os motivos pelos quais o público tem que assistir a novela.

É uma história que cria muita empatia com o público e que assim que começarem a ver, não vão querer largar. Elas vão querer saber o que acontecerá com os personagens“, disse Maria João sobre sua primeira novela. “É uma história emocional, ela nos leva para àquilo que todo nós queremos na vida, que é o grande amor. E não é só isso, é muito mais que isso. Ouro Verde nos traz muitos temas da atualidade. Mas, eu acho que a grande chave que faz com que ela tenha sido tão vendida, é o fato dela ser emocional“, explicou.

Questionada sobre a aproximação dos personagens com a realidade, Maria João Costa conta que as pessoas gostam de se ver retratadas nas histórias. “Uma pessoa consegue se colocar no lugar daquele personagem. Não sei se a vida do nosso protagonista é bem a vida das pessoas, que tem a família assassinada, que tem de mudar de país para não ter que morrer. Não sei se essa é vida do nosso espectador. Mas é a vida do qual nos identificamos.

A profissional aponta características do personagem principal, Jorge Monforte. “Nós percebemos que é um personagem resiliente, tem objetivos muito claros, sabe esperar, que encontra caminhos. É um personagem que é bom, se não tivesse acontecido essa tragédia, ele poderia ter tido uma vida muito tranquila, muito boa. Imagina que você chega na sua casa e está a família toda assassinada e tentaram matar você? A mensagem é: ‘E se fosse conosco?‘”, finalizou.