Elenco reunido no lançamento da Record TV Manaus
Elenco reunido no lançamento da Record TV Manaus: um mês após, emissora não faz feio no Ibope (Divulgação/ Record TV)

Um mês após sua fundação oficial, a Record TV Manaus não tem feito feio nos números de audiência. A emissora, na maioria dos horários nacionais e locais, está fechando em terceiro lugar no ranking de emissoras. No último domingo (14), por exemplo, o Domingo Espetacular bateu recorde de Ibope e foi o programa nacional mais visto da emissora.

Segundo dados consolidados do Ibope, o programa apresentado por Eduardo Ribeiro e Patrícia Costa marcou 8 pontos de média. Com o resultado, ficou em segundo lugar no Ibope. Venceu a sua antiga afiliada, a TV A Crítica, e empatou com a TV em Tempo/SBT. Mas o bom resultado ainda não é uma constante na vida da recém inaugurada emissora própria.

O Observatório da Televisão apurou que a Record TV Manaus tem ficado a maioria dos dias em terceiro e quarto lugar. Na programação local, também bons desempenhos. O Balanço Geral Manaus, apresentado por Fabíola Gadelha, marca 6 pontos de Ibope em média.

No entanto, a TV A Crítica, ex-afiliada da Record TV no Amazonas, e a Rede Amazônica/Globo estão na frente. A Crítica costuma fechar com 11 pontos na faixa. Já a afiliada da Globo consegue 14 pontos. A chegada da Record TV, no entanto, derrubou os dados da TV Em Tempo/SBT no horário.

Na faixa do meio dia, a afiliada do SBT tem marcado médias entre 2 e 3 pontos de audiência. No fim da tarde, o Amazonas Record, apresentado por Clayton Pascarelli, também atinge entre 6 e 7 pontos de audiência e mantém a terceira colocação no horário.

Record TV investiu R$ 20 milhões para montar TV própria a toque de caixa

Observatório da Televisão apurou que a Record TV gastou R$ 20 milhões para estruturar o canal local. Tirou o principal apresentador da sua ex-parceira – Clayton Pascarelli – e trouxe Fabíola Gadelha, pupila de Marcelo Rezende (1951-2017), de volta para sua terra natal. Além disso, já contratou ao todo, 200 profissionais, entre jornalistas, técnicos, entre outros cargos.

Desde 2007, a Record TV tinha a TV A Crítica como sua parceira em Manaus. Ex-afiliada do SBT, a emissora era considerada uma afiliada rebelde: não respeitava padrões de grade de programação e cortava atrações nacionais. O Cidade Alerta, de Luiz Bacci, por exemplo, não era exibido para Manaus desde fevereiro de 2018. 

No entanto, segundo a TV A Crítica, não se tinha um contrato de afiliação havia dois anos. As negociações iam e vinham, com ambas querendo coisas diferentes. Em maio, as duas desejaram o fim da parceria e assim o anunciaram.

O sinal na região metropolitana de Manaus da Record TV Manaus tem melhorado aos poucos. A emissora tem investido e implantado vários transmissões em pontos-chaves da Grande Manaus. No interior, todavia, ainda existe uma limitação muito grande.

Últimos vídeos do Canal no YouTube