Christina Rocha
Christina Rocha (Divulgação/ SBT)

Trabalhando na TV desde 1981, Christina Rocha começou a carreira no SBT, antiga TVS. Fato do qual ela se orgulha muito, apesar de surpreendentemente não ser comentado no meio televisivo. Em entrevista ao Observatório da Televisão, a apresentadora acredita que seu trabalho não é tão reconhecido, apesar dos resultados que alcança.

“Sou a única que inaugurei o SBT. Parece quer as pessoas fazem questão de não comentar. Tem coisas que… Ninguém fala isso. Os únicos que poderiam estar aqui são Sergio Mallandro e Wagner Montes”, diz Rocha que esteve na inauguração do SBT quando a emissora era sediada no bairro da Vila Guilherme, zona norte de São Paulo.

Ainda assim, Rocha diz que apesar de ter apresentado programas populares na televisão, O Povo na TV, Alô, Christina, Mulheres, Aqui Agora e Fantasia, ela não pensa em comandar outra atração na TV: “Sou muito orgulhosa de mim, faço bem feito. Estou numa fase em que eu faço o meu bem feito, amo e gosto do que eu faço”.  

De acordo com Rocha, faltam palavras de motivação ao seu desempenho à frente do Casos de Família e outros projetos que já fez: “Todo nós merecemos um mimo, um elogio, uma palavra de carinho. Todos nós. Aprendi a colocar uma barreira, faço bem feito, vou pra casa”. Ainda sim, em contrapartida, ela ressaltou o apoio de Silvio Santos: “Sem ele este programa não existiria”.  

Por fim, a jornalista lamenta não ter sido nem indicada ao Troféu Imprensa na categoria de melhor apresentadora: “Tem gente que ganha e nem está no ar, nem indicada eu sou”. No entanto, o diretor do Casos de Família, Rafael Bello, afirma que nos EUA Christina Rocha  já teria ganhado algumas estatuetas no Emmy, maior prêmio da televisão mundial.

Últimos vídeos do Canal no YouTube