Veja como estão Carlinhos e Lizete, as crianças de A Usurpadora
Sergio Miguel Guerrero e María Solares como Carlinhos e Lizete em A Usurpadoora (Reprodução/SBT)

Se os ataques do menino Carlinhos (Sergio Miguel) já davam sérias dores de cabeça a Paulina (Gabriela Spanic) e Carlos Daniel (Fernando Colunga) na versão original de A Usurpadora, os mocinhos do remake da história terão que lidar com problemas bem mais sérios com o filho do galã.

Nesta nova roupagem da saga latina, o presidente mexicano Carlos Bernal (Andrés Palacios) também terá um casal de filhos, mas agora adolescentes: Emilio (Germán Bracco) e Lizete (Macarena Oz). Pressionado para seguir os passos do pai na política, o rapaz acabará se refugiando no alcoolismo para lidar com as cargas impostas por sua família.

“Emilio Bernal é um personagem novo. Muitos se confundem com sua versão infantil, como Carlinhos. Porém não. É um personagem completamente novo. Carlos, o presidente, teve um primeiro casamento e sua esposa se suicidou. Depois Paola Bracho (Sandra Echeverría) chega para ocupar o lugar da primeira dama. Emilio é filho desse primeiro casamento do presidente”, explicou o ator Germán Bracco ao programa Intrusos, do canal mexicano Las Estrellas.

“Ele tem problemas mais sérios [que os de Carlinhos]. Ele tem problemas com o álcool, sofre de mania de perseguição, tem ataques de pânico e de paranoia… Estamos tentando fazer um trabalho muito detalhista, muito limpo, e estamos conseguindo”, concluiu o jovem artista.

Vale lembrar que, na versão colombiana de A Usurpadora produzida em 2012, o papel de Carlinhos também sofreu grandes modificações. Na trama intitulada Quien Eres Tú (Quem É Você), o garotinho foi transformado em Lucas Esquivel (José Julián Gaviria), adolescente rebelde e problemático que acabava se tornando traficante de drogas no hotel do próprio pai, Felipe Esquivel (Julián Gil).

Germán Bracco será Emilio Bernal em A Usurpadora (Divulgação / Televisa)

Últimos vídeos do Canal no YouTube