Missade (Ana Cecilia Costa), Laila (Julia Dalavia), Elias (Marco Ricca), Kháled (Rodrigo Vidal) em Órfãos da Terra
Missade (Ana Cecilia Costa), Laila (Julia Dalavia), Elias (Marco Ricca), Kháled (Rodrigo Vidal) em Órfãos da Terra (Divulgação/ TV Globo)

Estreou na última terça-feira (03), a novela Órfãos da Terra, novo folhetim das seis da TV Globo. Dentre as cenas que mais se destacaram no primeiro capítulo, a explosão na casa da protagonista Laila (Julia Dalavia) chamou bastante a atenção pela qualidade dos efeitos visuais.

A casa que foi usada como locação para a cena, fica localizada em um bairro do Rio de Janeiro e foi localizada depois de uma pesquisa da equipe de efeitos visuais. O trabalho de criação do bairro e da explosão foi completamente em 3D, com os mesmos softwares usados por grandes estúdios de Hollywood.

Cena do Bairro da cidade de Fardús em Órfãos da Terra
Cena do bairro da cidade de Fardús em Órfãos da Terra (Reprodução).

Ao Gshow, Marcelo Nicacio, supervisor da equipe de efeitos visuais, explicou que eles encontraram a locação no bairro de Anchieta, no Rio. Mas, por mais que a casa fosse construída nos moldes das casas sírias, todas as outras casas ao redor são tipicas construções brasileiras. “A gente decidiu recriar, usando o 3D, de forma totalmente virtual, tudo o que está em volta desta casa escolhida como locação”, contou.

Explosão

Cena da explosão na cidade de Fardús em Órfãos da Terra
Cena da explosão na cidade de Fardús em Órfãos da Terra (Reprodução).

A princípio, para a cena da explosão, a equipe contou com uma boa quantidade de material. Tudo sobre as guerras em países árabes. O designer Tiago Adloff, revelou como aconteceu tudo. “A explosão em si é composta por várias camadas: a poeira, a fumaça. E aí temos a parte mais rígida que são os pedaços que explodem. São muitos detalhes, mas tivemos referências dos próprios bombardeios que aconteceram.”, disse.

Cena da explosão na cidade de Fardús em Órfãos da Terra
Cena da explosão na cidade de Fardús em Órfãos da Terra (Reprodução).

Marcos Bezerra ainda contou sobre como foi encaixar os atores no meio do processo. Tudo foi planejado para acontecer com segurança. “A gente precisava dar a sensação de que ela (Julia Dalavia) estivesse caindo em um fosso. Com os recursos que temos, conseguimos colocar o 3D junto com a atriz, dando essa veracidade para a cena”, concluiu.

Últimos vídeos do Canal no YouTube