Sandra Echeverría interpretou Jade na versão colombiana de O Clone (Divulgação / Telemundo)
Sandra Echeverría interpretou Jade na versão colombiana de O Clone (Divulgação / Telemundo)

Parece que ainda não terminou a novela envolvendo a seleção da protagonista da nova versão de A Usurpadora, que a Televisa prepara e deve estrear ainda este ano. De acordo com o portal Univisión, a produtora do remake, Carmen Armendáriz, estuda a possibilidade de escolher uma nova atriz para estrelar o projeto.

Inicialmente, a mexicana Ximena Rubio chegou a ser confirmada pelo jornalista Alex Kaffie como a escolhida para reviver os papéis de Paola e Paulina, imortalizados pela atriz Gabriela Spanic na obra original, de 1998. Agora, porém, Ximena pode ser substituída de última hora por sua conterrânea Sandra Echeverría.

Leia mais: Estrela de A Usurpadora, Gabriela Spanic virá novamente ao Brasil para evento

Sandra é bastante conhecida no universo latino de telenovelas. Ela trabalhou na Televisa uma única vez, como estrela da novela La Fuerza del Destino, de 2011. No Brasil, já foi vista no folhetim Marina, que integrou durante alguns anos o catálogo da Netflix, e na série policial A Amante do Centauro, exibida pelo canal pago Mais Globosat.

Sua relação com o público tupiniquim, no entanto, vai um pouco além. Sandra foi a protagonista de El Clon, versão colombiana de O Clone (2001), produzida em 2010 pela Telemundo. Coube a ela dar vida à marroquina Jade, papel de Giovanna Antonelli na obra original da Globo.

Carmen Armendáriz ainda não confirma a substituição. Portanto, só resta aguardar para saber o desfecho desse impasse. Até segunda ordem, o chileno Andrés Palacios segue confirmado como Carlos Daniel Bracho, papel de Fernando Colunga na Usurpadora original. Ana Bertha Espín e Queta Lavat também estão garantidas no elenco do remake.

Últimos vídeos do Canal no YouTube