Fefito detona Nicole Bahls
Fefito detona Nicole Bahls

Os temas homofobia e transfobia foram pautados no programa Sensacional desta quinta-feira (14/03). Os convidados para tratar do assunto foram o apresentador da TV Gazeta, Fefito, e a transexual Luisa Marilac. Daniela Albuquerque iniciou a discussão perguntando para Fefito se ele já sofreu homofobia. “Tenho recebido muitas ameaças. O ano passado foram três, inclusive um deles está preso. Até mensagem no e-mail do jornal em que eu trabalhava na época, já enviaram. A segunda ameaça foi através de um site em que foi oferecido 10 mil reais para me matarem”, revela.

O jornalista continuou falando sobre a situação de violência contra LGBTs no país. “Ninguém me põe de volta em armário nenhum. Quero viver minha verdade, beijar na boca, pagar boleto e pronto. Todo mundo está exposto a violência, mas quem é LGBT está exposto a todo tipo de violência simplesmente por ser quem é”, desabafou.

Luisa Marilac engrossou o discurso sobre violência, porém falando da sua realidade, a transfobia. “Cheguei em São Paulo e me deparei com uma violência absurda, sofri diversas agressões, sete perfurações no pulmão”, conta. A transexual continuou sua fala dizendo que não gosta de ser vista como vítima. “Sou vítima por conta da sociedade, mas não me encaixo nesse papel. Quero respeito. Como mulher trans não tenho direito de ir e vir”.

Leia também: “Considero qualquer tipo de agressão, inclusive a verbal”, disse Jaque Khury, no Sensacional

Polêmica

Questionada pela apresentadora sobre a polêmica envolvendo o cantor Nego do Borel, que a chamou de homem em um comentário de uma foto no Instagram, Marilac diz que “ele é um homem que cresceu muito rápido, acho ele ignorante, ele não sabia nem o que era transfobia, achei interessante da parte dele tentar se inteirar”. Neste momento, Fefito a interrompeu peguntando: “Você não acha que foi apenas para salvar a carreira e se promover?”.

Luísa rapidamente respondeu que “ao olhar para ele, percebi que é apenas ignorância, ele é doido. Sou Luisa Marilac desde que nasci e vou morrer Luisa Marilac, mulher”. A produção do programa preparou depoimentos de famosos sobre a homofobia, dentre eles, o que mais rendeu discussão foi o da modelo Nicole Bahls, que afirmou não concordar com exposição de relacionamentos gays nas novelas.

Em tom de revolta, Fefito defendeu seu ponto de vista. “Não adianta ficar dizendo: ‘ai que tudo! ai que bafo!’, gírias LGBT, e ficar com essa opinião que não contribui com a discussão. Passamos décadas vivendo escondidos num cantinho para agora a gente não poder aparecer na novela?”, questionou.

Conheça nosso canal no YouTube