Ricardo Boechat
Ricardo Boechat (Reprodução/Band)

Na manhã desta segunda-feira (11), o jornalista Ricardo Boechat, de 66 anos, faleceu após a queda de um helicóptero que sobrevoava a região do Rodoanel, em São Paulo, e que tinha o profissional como passageiro. O governo do Estado confirmou a informação. Além do profissional, o Corpo de Bombeiros encontrou também corpo do piloto da aeronave, que estava carbonizado.

O jornalista realizou uma palestra em Campinas (SP) e estava retornando para a capital. O famoso era apresentador do Jornal da Band, atuava também na BandNews FM e era colunista da revista IstoÉ. Boechat deixou seis filhos e a esposa, Veruska, com quem mantinha uma união desde 2005.

Leia também: Na Band, Datena fala emocionado sobre falecimento de Ricardo Boechat: “Uma vida eterna que fica através de sua obra”

Ele também trabalhou nos jornais O Globo, O Dia, O Estado de S. Paulo e Jornal do Brasil e foi comentarista no Bom Dia Brasil, da TV Globo, na década de 1990. Ele ganhou três vezes o Prêmio Esso e era um dos principais nomes do jornalismo brasileiro.

Nome faz repórter da Globo ser confundida com esposa de Ricardo Boechat: “Fica aqui meus sentimentos”

Nesta segunda-feira (11), após a morte de Ricardo Boechat, jornalista da Band que tinha 66 anos e que faleceu na queda de um helicóptero em São Paulo, Veruska Donato, repórter da TV Globo, se viu envolvida numa ‘confusão’ dos fãs do profissional.

Muitos internautas começaram a seguir a jornalista no Instagram por acharem que ela era a esposa do âncora, Veruska Boechat. Pela rede social, a famosa resolveu se manifestar nesta terça-feira (12) sobre a situação.

Leia também: Globo e Record TV esperaram Band divulgar a morte de Ricardo Boechat

“Ontem eu recebi em 5 horas, 1000 pedidos pra seguir no Instagram. Imagino que seja por causa da minha xará, Veruska Boechat, muita gente acha que eu sou a ‘doce Veruska’ do Ricardo Boechat”, contou a global.

Leia também: Animal Planet homenageia Ricardo Boechat com exibição da série Planeta Terra 2

“Sempre curti a confusão, até porque Boechat sempre elogiou a esposa nos comentários no rádio, demonstrava um verdadeiro carinhoso por ela, e pelos filhos. Eu teria me orgulhado de tamanho amor, sentimento tão raro hoje em dia”, destacou a repórter.

“Conheci a xará pessoalmente quando me apresentei a ela e ao próprio Boechat, acabamos rindo muito da confusão que as pessoas faziam ao acreditar que eu era a ‘doce Veruska’, e não ela. Fica aqui meus sentimentos à xará, querida, muita força! Se agarre a esse amor poderoso que esse homem inteligente e generoso tinha por você e suas meninas. Fica meu abraço fraterno e meu desejo de luz”, concluiu Veruska.