Maria Julia Coutinho, a Maju, na bancada do Jornal Nacional
Maria Júlia Coutinho, a Maju, na bancada do Jornal Nacional (Reprodução/TV Globo)

A estreia de Maria Júlia Coutinho na bancada do Jornal Nacional rendeu muito assunto e, acima de tudo, interesse do público. A primeira vez da jornalista como âncora do principal telejornal da Globo aconteceu no sábado (16), e deu o que falar antes mesmo do fatídico dia.

A presença de Maju como destaque no JN virou notícia, afinal, é um marco para a representatividade negra em toda a TV brasileira. A repercussão foi grande tanto nos portais de notícias quanto nas pesquisas realizadas pelos internautas. De acordo com o jornal O Globo, as buscas com o nome da jornalista aumentaram consideravelmente.

Leia mais: William Bonner se pronuncia após Maju ser confirmada na bancada do JN

Segundo a publicação, as pesquisas no Google sobre Maria Júlia Coutinho cresceram 3900%. Entre as questões mais buscadas, estavam: “O que aconteceu com a Maju Coutinho?”, “Por que a Renata Vasconcellos saiu do Jornal Nacional?”, “O que é ser âncora de um jornal?”, “O que significa Maju?” e “Por que a Maju vai apresentar o Jornal Nacional?”

Além disso, o Jornal Nacional também saiu ganhando e subiu 3233% nas buscas. As regiões que mais realizaram as buscas referentes à Maju foram São Paulo e Rio de Janeiro. Do mesmo modo, a estreia da jornalista no JN rendeu um recorde de audiência aos sábados – 28 pontos de média nas principais praças, coincidentemente também as capitais paulista e fluminense.

Maju fala sobre estreia no JN

Responsável por ser a moça do tempo do Jornal Nacional, Maria Júlia Coutinho, a Maju, foi escolhida para entrar na escala dos fins de semana para comandar o informativo. A jornalista disse que soube da novidade na segunda-feira (11).

“Contei só para os mais próximos. Ontem (13), com a publicação da notícia, a repercussão foi incrível. Ainda nem consegui responder a todas as mensagens. Meus familiares ficaram muito felizes porque conhecem a minha trajetória, mas também um pouco assustados, porque vai acontecer rápido, já no próximo sábado (16)”, falou ao O Globo.

Leia mais: Estreia de Maju na bancada do Jornal Nacional rende elogios e anima a web

“Já tinham me sinalizado que eu chegaria a esse lugar em algum momento, mas eu não esperava que seria este mês. Talvez no próximo semestre ou no ano que vem”, declarou a profissional, que fez uma análise sobre ser a primeira mulher negra no comando da atração.

“A Zileide Silva apresenta o Jornal Hoje, o Heraldo [Pereira] já fez o JN. Temos a Dulcineia Novaes em Curitiba. Daqui para a frente, acredito que será algo tão comum que não precisarão falar da ‘primeira negra’. Ficará no passado. Sou muito otimista. Tenho fé de que isso vai mudar. Sei que é representativo, só espero que isso não seja repisado”, esclareceu Maju.

Conheça nosso canal no YouTube