CNN Brasil
CNN Brasil (Foto: Divulgação)

A CNN Brasil acaba de anunciar a contratação dos jornalistas Leandro Cipoloni, e Virgilio Abranches. Os profissionais assumirão os cargos de Vice-presidente de Jornalismo e Vice-presidente de Programação e Multiplataforma – respectivamente.

Veja também: Tati Minerato mostra pé machucado após ensaio técnico na Marquês de Sapucaí

Em nota enviada ao Observatório da Televisão nesta segunda-feira (11), a CNN Brasil informa que os novos contratados serão “responsáveis pela gestão editorial e operacional da emissora em todas as plataformas”.

Os novos contratados atuarão em conjunto com a Vice-presidência de Conteúdo, sob responsabilidade de Américo Martins. A contratação do jornalista foi anunciada na última quarta-feira (06).

Trajetória de Virgilio Abranches

Abranches era diretor de programas na RecordTV, função que exerceu de 2014 até hoje. Nos 15 anos de empresa, atuou como produtor, editor, editor-executivo, editor-chefe, chefe de produção.

O jornalista também foi chefe de redação de produtos como Jornal da Record, Fala Brasil e Domingo Espetacular. Foi diretor de jornalismo nos Estados de Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Nos últimos anos, Virgilio Abranches especializou-se em estratégia de programação e audiência para a Vice-presidência de Jornalismo da Record.

Era ele também que comandava o braço do departamento de Jornalismo na faixa de linha de shows da emissora. Com 20 anos de carreira, Abranches também passou pela EPTV Campinas, afiliada da Rede Globo, e pelo jornal Folha de S. Paulo.

Trajetória de Leandro Cipoloni

Também com 15 anos de RecordTV, Cipoloni deixa hoje o cargo de diretor de Jornalismo do grupo; além da TV, respondia pelo portal R7. Antes, foi repórter e editor de política no Grupo Estado, no Jornal da Tarde e O Estado de São Paulo, quando se especializou em jornalismo investigativo.

Na RecordTV, esteve à frente da estrutura técnica e operacional da produção diária de 11 horas de telejornalismo, ao vivo, no Brasil e no exterior. À frente do núcleo investigativo, foi responsável pelas reportagens que culminaram com a renúncia da antiga presidência da CBF.

A produção deu origem ao livro O Lado Sujo do Futebol, finalista do prêmio literário Jabuti. Leandro Cipoloni também esteve à frente da série de matérias sobre o esquema de corrupção no governo estadual do Rio de Janeiro. Entre os prêmios conquistados, está o primeiro Esso da história da RecordTV, em 2005.

Fabiano Falsi na CNN Brasil

Além de Abranches e Cipoloni, a CNN Brasil anuncia a contratação de Fabiano Falsi para a chefia de Redação. Ele esteve à frente do jornalismo da Record na Bahia nos últimos três anos.

Foi sob o comando de Falsi que a emissora alcançou resultados expressivos de audiência. Os números foram os maiores da Rede Record em todo Brasil e provocaram mudanças drásticas na concorrente Rede Bahia – afiliada à Rede Globo.

Começou no rádio, com passagens pelo Sistema Globo e Eldorado. Depois, atuou na revista Época Online, Agora SP (Grupo Folha), Portal Terra, SBT e Rede Globo de São Paulo. Na Record, foi vencedor do prêmio Tim Lopes de jornalismo investigativo em 2014 e finalista dos prêmios Esso e Roche.