Vídeo Show (Divulgação)
Vídeo Show (Divulgação)

O fim de uma era chega na TV Globo, um dos programas mais famosos e tradicionais da emissora, o Vídeo Show, teve o seu fim confirmado pela emissora. O último programa será exibido na sexta-feira (11). A partir da próxima segunda-feira, (14), a Sessão da Tarde passa a ir ao ar mais cedo, às 14h, com o fim do programa.

Leia também: Caio Blat revela no Vídeo Show que namorou Mariana Ximenes: “Meu primeiro amor”

Durante mais de 35 anos, o programa mostrou os bastidores das produções da TV Globo. Logo depois da Sessão da Tarde, o Vale a Pena Ver de Novo exibe as emoções finais de Belíssima em dobradinha com os primeiros capítulos de Cordel Encantado. A emissora ainda não confirmou o que entrará no ar substituindo o Vídeo Show.

Saiba tudo sobre Cordel Encantado, próxima reprise do Vale a Pena Ver de Novo

A Rede Globo confirmou nesta terça-feira, dia 4, a substituta de Belíssima no Vale a Pena Ver de Novo. A nova novela dos fins de tarde da emissora será Cordel Encantado, de Duca Rachid e Thelma Guedes. Pela direção-geral respondeu Amora Mautner. A reestreia deve ocorrer em janeiro de 2019.

Exibida originalmente em 2011 às 18h, Cordel Encantado marcou uma das melhores audiências do horário nos últimos anos. Seus bons resultados só foram igualados em 2016, com a exibição de Eta Mundo Bom!.

Leia também: 5 novelas inéditas que poderiam ser reprisadas no Vale a Pena Ver de Novo

A história de Cordel Encantado

A novela uniu dois universos aparentemente impossíveis de juntar: o cangaço e os contos de fada. Passava-se entre as décadas de 1910 e 1930. Na fictícia Brogodó, cidade do Nordeste brasileiro, os jovens Açucena (Bianca Bin) e Jesuíno (Cauã Reymond) se amam. No entanto, o amor dos dois tem um obstáculo pela frente: a moça é uma princesa, herdeira do trono de Seráfia, país europeu. Ainda bebê, foi dada como morta quando sua mãe, a Rainha Cristina (Alinne Moraes), faleceu vítima de uma armação de Úrsula (Débora Bloch). Esta desejava casar-se com o marido de Cristina, o Rei Augusto (Carmo Dalla Vecchia).

Jesuíno, por sua vez, também tem um trono a assumir. Só que, no seu caso, é o do cangaço. Filho do temido Capitão Herculano (Domingos Montagner), é desejo de seu pai que ele um dia assuma seu lugar diante do bando. Atento às ações do casal está o mimado, violento e perigoso Timóteo (Bruno Gagliasso), obcecado por Açucena. Esta, inclusive, na verdade se chamava Aurora. Açucena era o nome dado pelos pais adotivos Eusébio (Enrique Diaz) e Virtuosa (Ana Cecília Costa).

Conheça nosso canal no YouTube