Olavo (Tony Ramos) e Lourdes Maria (Bruna Linzmeyer) em O Sétimo Guardião
Olavo (Tony Ramos) e Lourdes Maria (Bruna Linzmeyer) em O Sétimo Guardião (Reprodução)

Os telespectadores que acompanham O Sétimo Guardião, da Globo, já perceberam que Olavo (Tony Ramos) não é ingênuo. O empresário bilionário não deixará que Lourdes Maria lhe seduza e, então, bote as mãos no seu dinheiro. Apesar de durão, ele acabou cedendo e transou com a garota.

Em entrevista ao site Gshow, o ator explicou como é para ele realizar esse tipo de cena. Tony Ramos chegou a dizer que costuma combinar com as colegas o jeito mais confortável para elas. Assim, fica mais fácil de realizar a gravação erótica. “Não tenho mais idade para ter desconforto. O que eu acho é que cena que aborda sexo tem que ser coreografada”, disse.

Veja também: Grace invade casarão de Júlia e pergunta sobre portal a Guardiã, em Espelho da Vida, na Globo

E continuou: “O que mais combino com minhas colegas de profissão – e isso fiz a vida inteira – é perguntar de que jeito é mais confortável para elas. Fiz a mesma coisa com a Bruninha [Linzmeyer]”.

E mais!

Ele ainda concluiu falando sobre como é a coreografia da cena. “”O ator e a atriz têm que passar aquele desejo em que ambos passam por um quase descompasso com a vida e são atraídos pelo desejo. Mas passar por isso não pode ser para valer, tem que fazer coreografando. Senão fica feio, fica apenas uma agressão sexual e não uma sugestão sexual. A minha colega sempre ouvirá de mim: ‘Como é melhor pra você?’ É nisso que acredito. Apesar de aparentar a verdade dramatúrgica, aqui por trás é tudo de mentira”.