Andreia Horta
Andreia Horta (Divulgação/TV Globo)

Depois aparecer no início de 2019 em Elis – Viver é Melhor do Que Sonhar, Andreia Horta já tem outro trabalho em mente. A atriz se prepara para viver a imperatriz Teresa Cristina, em Nos Tempos do Imperador, nova novela das 18h, que deve estrear até o final do ano. Para a personagem, a artista revela que está lendo sobre o período histórico em que a trama se passa.

“Já estou dando uma olhada na personagem e revisitando os livros. O período histórico é próximo ao de Liberdade, Liberdade, então, já conheço um pouco. A imperatriz foi uma mulher importante, apaixonada pelo nosso país e chamada de ‘mãe dos brasileiros’. Fico feliz de fazer papéis em que eu possa contar a nossa História”, afirmou em entrevista à jornalista Patrícia Kogut.

Veja também: Grace invade casarão de Júlia e pergunta sobre portal a Guardiã, em Espelho da Vida, na Globo

Vale lembrar que Andreia Horta foi protagonista de Liberdade, Liberdade, novela das 23h da Globo, exibida em 2016. Recentemente, também pode fazer outro papel principal na Globo, com Elis – Viver é Melhor do Que Sonhar. Ela havia gravado um filme, há alguns anos. E voltou ao estúdio para cenas complementares para a mesma produção, transformada em minissérie.

Mais sobre Andreia Horta

Intensa e visceral, Elis Regina foi protagonista não só da cena musical brasileira, mas também da própria trajetória. Entregue à arte de viver e cantar, a intérprete atravessou diferentes gêneros musicais. E turbulências pessoais na caminhada retratada em Elis – Viver é melhor que sonhar. Prevista para estrear no dia 8 de janeiro na Globo, a minissérie tem roteiro de George Moura, Hugo Prata, Luiz Bolognesi e Vera Egito e direção de Hugo Prata.

Baseado na cinebiografia Elis, uma coprodução da Globo Filmes com Bravura Cinematográfica e Academia de Filmes, o novo formato é um docudrama em quatro episódios. A história mistura cenas originais do filme, material documental e cenas de ficção novas. Estas, exclusivas, gravadas por Andreia Horta, que interpreta Elis. Sérgio Guizé, como Tom Jobim; Mel Lisboa, como Rita Lee; e Thelmo Fernandes, como Vinicius de Moraes.

“A minissérie contextualiza a trajetória de um mito como a Elis, com toda sua força e carisma, e o período histórico que ela viveu. Quem não assistiu ao filme vai se encantar com a história. E quem assistiu na tela grande vai poder se apaixonar mais uma vez por ela na TV”, explicou o diretor Hugo Prata, antes da estreia. O fio condutor da minissérie é uma entrevista fictícia gravada por Elis (Andreia Horta). Entrevista, que seria a última, antes de sua morte.

Últimos vídeos do Canal no YouTube