Amanda Ramalho
Amanda Ramalho (Reprodução)

Após uma grave confusão com o cantor Biel, Amanda Ramalho pediu demissão do Pânico na rádio. A decisão, porém, foi vetada por Emílio Surita, um dos líderes da atração.

De acordo com o Notícias da TV, o comunicador não aceitou a dispensa de Amanda e a autorizou ficar de licença do programa pelo tempo que achar necessário para cuidar de uma depressão.

Segundo fontes da Jovem Pan, o setor de Recursos Humanos da rádio não recebeu nenhuma declaração formal de Amanda e ela permanece contratada.

Por outro lado, a radialista descarta voltar ao programa de rádio. Em seu Twitter, disse que não há mais clima para voltar à atração.

“Peço publicamente que a produtora do Pânico não dê entrevistas falando que eu tenho ou não depressão. Isso é um assunto meu. E vocês viram que Emílio não me demitiu porque o desrespeitei como vocês estavam afirmando”, postou, se justificando.

“Faz mais nenhum sentido pra mim trabalhar lá. Eu já havia decido isso antes para o ano que vem. Isso só fez antecipar minha decisão. Agora acho ta bom de declaração. Amo quem me ama. Suporto quem me odeia. Calar-me-ei”, completou Amanda.

Amanda vai investir em novos projetos

Na tarde desta quinta (25), Amanda deu uma entrevista ao UOL dizendo que pretende focar em novos planos na carreira.

A partir do ano que vem, ela vai investir na segunda temporada de seu podcast, Esquizofrenóias, e também na produção de um documentário, ambos voltados à saúde mental.

Assim sendo, Amanda deixa definitivamente a bancada do Pânico, assim como aconteceu ultimamente com Marcos Chiesa (Bola) e Márvio Lúcio (Carioca).

Leia mais: Neto detona ex-integrantes do Pânico que foram para a Globo: “Babacas”

Entenda o caso

Na última terça (23), Amanda Ramalho anunciou que pediu demissão do Pânico após uma séria discussão com Biel, convidado da atração.

Na ocasião, o cantor reclamou que ela havia desejado sua morte quando ele deixou o Brasil para viver nos Estados Unidos.

Em meio a provocações, Biel se levantou e deixou o programa, para o desespero de Paulinha Krausche, produtora da atração.

Leia mais: Após confusão com Biel, Amanda Ramalho pede demissão do Pânico

Amanda chegou a levar uma bronca de Paulinha e discutir com Emílio. O programa foi para os comerciais e, em seguida, finalizado.

Pouco tempo depois, Amanda postou que estava se demitindo. Todavia, depois a decisão acabou sendo vetada por Emílio.