Angel e Alex Verdades Secretas
Angel (Camila Queiroz) e Alex (Rodrigo Lombardi) de Verdades Secretas (Divulgação/TV Globo)

Na semana passada, foi revelado que Walcyr Carrasco voltará ao horário nobre da TV Globo no primeiro semestre de 2019, lançando um folhetim que substituirá O Sétimo Guardião, enredo de Aguinaldo Silva que estreia em novembro deste ano.

Leia: Sequência de Verdades Secretas não é uma boa ideia

Por causa disso, o projeto do novelista de escrever a continuação de Verdades Secretas teve que ser adiado para 2020, informou a colunista Patrícia Kogut. André Felipe Binder, diretor artístico da platinada, já vinha sondando alguns atores para a produção.

Saiba mais: Walcyr Carrasco fala sobre críticas feitas contra O Outro Lado do Paraíso: “Escrevo a novela primeiro para mim”

A saber, em entrevista ao TV Fama, Marieta Severo, que viveu a vilã Fanny da atração, reagiu positivamente ao ser questionada sobre se aceitaria voltar a interpretar a personagem. “Foi um sucesso enorme, muito bem realizada, artisticamente de alto nível. Então ficou aquele gosto bom”, disse a atriz.

“Os críticos de TV não entenderam que O Outro Lado do Paraíso retomou uma estrutura antiga”, afirma Walcyr Carrasco

Walcyr Carrasco, autor da trama de O Outro Lado do Paraíso, declarou que o sucesso da produção se deve ao elenco, direção e à estrutura do folhetim, que foi dirigido por Mauro Mendonça Filho.

“Os críticos e analistas de TV não entenderam que O Outro Lado do Paraíso retomou uma estrutura antiga, um melodrama tradicional, sem vergonha de ser, como há muito tempo não era feito. Tanto que foi declaradamente inspirada em O Conde de Montecristo, de Alexandre Dumas, um clássico, escrito inicialmente de forma folhetinesca”, declarou o escritor ao Gshow.

O autor destacou que temas modernos fizeram parte da produção. “Como violência à mulher e abuso sexual. Mas sempre dentro de uma estrutura ágil, rápida, como exige o folhetim. Os acontecimentos se sucederam, inclusive com situações declaradamente fantasiosas. Alguns críticos não entenderam isso, pois procuraram realismo em uma novela que nunca quis ser realista”, analisou o profissional.

O artista ainda elogiou alguns nomes do elenco. “Fernanda Montenegro, despida de qualquer vaidade, Marieta Severo que entrou fundo na personagem, Lima Duarte, Bianca Bin, Sergio Guizé, Rafael Cardoso e Thiago Fragoso. Todos eles são atores maravilhosos. Mas quero destacar também dois trabalhos incríveis: o do ator português Pedro Carvalho, que fez um cego perfeito, e de Bruno Montaleone, que entrou no último terço da novela e ganhou espaço. Será sem dúvida um protagonista”, concluiu, enfim, Carrasco.

Últimos vídeos do Canal no YouTube