Darino Sena no Tudo Novo (Divulgação)

Nesta noite de segunda-feira (7), a TV Aratu, afiliada do SBT na Bahia, fez algumas séries de dispensas. Foram cerca de quatro, que somadas a outras cinco feitas semanas atrás, contam um total de nove demissões.

A mais importante delas foi a dispensa de Darino Sena, apresentador do programa “Tudo Novo”. Ele estava na emissora desde o fim de 2015, quando foi contratado da TV Bahia/Globo, onde era comentarista esportivo.

Veja mais: Bahia: TV Aratu/SBT comemora audiência do QVP

Conforme apurou o Observatório da Televisão, o canal passa por uma reestruturação financeira, fruto de investimentos que não deram certo nos últimos anos. Para isto, a consultoria financeira Falconi, de São Paulo, foi contratada.

Contudo, o trabalho da consultoria será detectar gastos excessivos e enxugar a folha salarial da empresa. Entre demitidos, também estão Paulo Santana, que era diretor financeiro do canal.

Por fim, duas produtoras – Itacília Logo e Carollini Assis -, que trabalhavam no “Tudo Novo” e no “Chegue Mais” respectivamente, também foram dispensadas na tarde desta segunda-feira.

Veja também

“Ainda somos populares, mas ficamos mais gourmet”, diz Alex Lopes sobre o Universo

“O combate é muito grande”, diz Murilo Villas Boas, apresentador do Ronda

Tudo Novo, ex-programa de Darino Sena, deve acabar

Conforme apurou a reportagem, o “Tudo Novo” deve ser finalizado nesta semana. O tempo dele, que era normalmente de 45 minutos, deverá ser dividido entre o “Que Venha o Povo”, de Casemiro Neto, e “Ronda”, de Murilo Villas Boas e Fábio Gomes.

Estreado em fevereiro de 2016, o “Tudo Novo” nunca foi um sucesso. Sempre marcou média entre 5 e 6 pontos de Ibope na Grande Salvador. Além disso, o programa era alvo de críticas pelo seu conteúdo.