Cidinha Milan como Rosa na temporada 2006 de Malhação
Cidinha Milan como Rosa na temporada 2006 de Malhação (Reprodução)

Faleceu no dia 1º de junho a atriz Cidinha Milan, aos 70 anos, vítima de câncer. A notícia da morte foi divulgada pela atriz Analu Prestes, em sua conta no Facebook, e imediatamente começaram a surgir mensagens de pêsames de outros colegas de profissão.

Cidinha nasceu em São Paulo a 3 de janeiro de 1948, e atuava há mais de 40 anos no teatro, cinema e televisão. Aliás, está no ar atualmente em duas produções reprisadas pelo Canal Viva: a série Sandy e Junior, no papel da professora Elvira; e em Malhação, como Rosa. Nos últimos anos integrou o elenco do quadro “Os Velhinhos se Divertem” do Programa Silvio Santos.

Veja também: Os 19 anos de Sandy & Junior, série que marcou uma geração

Entre as montagens teatrais das quais Cidinha Milan participou, destaca-se A Aurora da Minha Vida, de Naum Alves de Souza. Com ela, Marieta Severo, Pedro Paulo Rangel, Stela Freitas, Analu Prestes, Mário Borges e Roberto Arduin. Ainda, outros trabalhos nos palcos foram Ópera do Malandro, de Chico Buarque, e As Três Irmãs, de Tchekhov.

Cidinha Milan: marcante em Gabriela

Na versão censurada de Roque Santeiro, em 1975, Cidinha ganhou o papel do peão João Ligeiro, irmão de Roque (Francisco Cuoco). Contudo, o público não pôde acompanhar este seu trabalho. Anteriormente viveu Chiquinha em Gabriela, e protagonizou uma cena icônica da novela: aquela em que é expulsa de Ilhéus com Juca Viana (Pedro Paulo Rangel). Os dois foram descobertos pelo coronel que a mantinha, Coriolano Ribeiro (Rafael de Carvalho). Inegavelmente foi uma sequência histórica, especialmente para a época. O primeiro nu frontal da nossa teledramaturgia. Veja abaixo:

Veja também: Reprise de Tieta faz Viva disparar no Ibope e ficar atrás apenas de eternos campeões da TV paga

Em Tieta, novela de 1989, Cidinha Milan viveu Cora, conhecida dos aficionados pela declaração de que via novelas, mesmo sem gostar, apenas para poder falar mal delas. A atriz esteve ainda em Sem Lenço, Sem Documento e Corpo a Corpo, na Globo. Posteriormente participou de Carmem, novela de Glória Perez para a Manchete. Ainda, integrou o elenco de Uma Rosa Com Amor e Amor e Revolução, ambas no SBT. No campo das minisséries participou, a saber, de Rabo-de-saia e As Noivas de Copacabana.