Beijaço em Malhação: Viva a Diferença sofreu denúncias ao Ministério Público (Reprodução/Globo)

O Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo, através da Procuradoria Geral dos Direitos do Cidadão, arquivou uma denúncia feita contra a novela Malhação: Viva a Diferença, terminada essa semana na Globo.

Tal arquivamento, segundo o MPF, se deu por conta de não ter se achado nenhum tipo de atentado ao pudor ou “conteúdo inadequado”, como duas denúncias feitas em outubro de 2017 alegavam.

Veja mais: Marcelo Serrado renova contrato com a Globo e fica na emissora até 2021

Na ocasião, todas as duas denúncias afirmavam que houve transmissão de “conteúdo inadequado exibido no dia 3 de outubro, quando personagens do mesmo sexo se beijaram em rede nacional, em horário visível para crianças e adolescentes”.

A tal cena exibida foi um “beijaço” feito para acabar com a intolerância, com alguns selinhos entre pessoas do mesmo sexo acontecendo, numa das inúmeras baladas organizadas pelas protagonistas.

Com isso, a Globo não sofrerá nenhuma punição ou sanção por tal cena, como pediam os denunciadores. É a segunda denúncia contra Viva a Diferença que é arquivada pelo Ministério Público.

No fim do ano passado, o MPF arquivou outra queixa, na mesma Procuradoria, que pedia punição a emissora numa cena em que policiais militares abusaram do poder contra as personagens Tina (Ana Hikari) e Anderson (Juan Paiva).

Malhação: Viva a Diferença terminou na última segunda-feira (5), com média geral de 20,4 pontos de Ibope na Grande São Paulo. O folhetim foi muito elogiado por público e crítica nas redes sociais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor coloque seu nome aqui