Adriana Araújo
Adriana Araújo (Divulgação)

Principal âncora da Record, a jornalista Adriana Araújo decidiu falar sobre a transmissão da Globo, neste Carnaval. Ela deixou claro, em uma publicação no Twitter, que se incomodou com os excessos das equipes de reportagem.

“Hoje tive certeza que estou ficando velha. Sou do tempo que repórter não virava folião. Graças a Deus. (…) Só eu estou achando bizarro? Que cobertura de carnaval é essa?”, disse se referindo ao desempenho dos repórteres da Globo.

Veja também: Adriana Araújo fala sobre quando perdeu a bancada do JR para Ana Paula Padrão


Adriana começou a carreira na televisão na Globo, em Belo Horizonte, e, depois, foi repórter em Brasília, de onde saiu para ser âncora do Jornal da Record. Outro usuário a questionou se a declaração foi motivada justamente porque ela já não trabalha na maior emissora do país. E ela respondeu: “Não. Definitivamente, não. Só um choque, mesmo”.

Devido à polêmica provocada por suas palavras, a apresentadora continuou explicando. “Gente, não quero ofender ninguém. Trabalhei na Globo por muitos anos, sou grata a todas as oportunidades que tive e tenho grandes amigos lá”.

Em outra publicação, acabou por apontar detalhadamente o que a estava incomodando: “Só achei uma overdose. Câmeras balançando de um lado para o outro, repórter tentando sambar no meio da bateria, não dava para ouvir nem as perguntas nem as respostas, captação de áudio ruim, fiquei tonta. E falei alto como telespectadora. Apenas isso”.

E, por fim, concluiu o debate com “gosto é gosto. Respeito todos”.