Mariana Martins e Lilian Lynch, que passam a apresentar juntas o JA1
Mariana Martins e Lilian Lynch, que passam a apresentar juntas o JA1 (Divulgação/TV Anhanguera)

A TV Anhanguera, afiliada da Globo em Goiás e em Tocantins, decidiu hoje pela demissão de Álvaro Borges, diretor de jornalismo da emissora desde março de 2015. A saída do diretor é atribuída pela queda de audiência generalizada dos programas locais do canal, apesar do bom momento que vive o conteúdo nacional – a novela O Outro Lado do Paraíso, por exemplo, já atingiu 40 pontos de média em Goiânia.

Álvaro Borges assumiu o posto em 25 de março de 2015, em substituição a Orlando Loureiro, transferido para as TVs Morena e Centro América, afiliadas da Globo no Mato Grosso e no Mato Grosso do Sul. Antes de dirigir as afiliadas do centro-oeste, Borges comandava o jornalismo da TV Liberal, afiliada da Globo no Pará.

Veja também: Audiência da Record TV cresce até 35% em 11 praças; Salvador, Vitória e Goiânia registram maiores aumentos

Sua gestão na TV Anhanguera foi marcada por decisões polêmicas, como a saída de Rosane Mendes da condução da 2ª edição do Jornal Anhanguera. A única apresentadora que sobreviveu a gestão de Álvaro foi Lilian Lynch, do Jornal Anhanguera 1ª edição. Todos os outros noticiários tiveram trocas. No caso do Bom dia Goiás, foram seis em dois anos.

Borges deixa o canal em meio a uma crise de audiência generalizada. O único noticiário da casa que não tem a liderança ameaçada é o Bom dia Goiás, que concorre com um noticiário nacional na TV Serra Dourada (SBT) e com meia hora de telecultos da Igreja Universal na RecordTV. O Jornal Anhanguera 1ª edição vive um dos seus piores momentos de toda a sua história: quando não perde para o Jornal do Meio-Dia, do SBT, perde para o Balanço Geral, da Record, e não são raras as vezes em que o noticiário fica em terceiro lugar. O Globo Esporte só lidera aos sábados, quando concorre com um religioso na Record. A 2ª edição do Jornal Anhanguera vivia um bom momento, que acabou ontem, com a troca de programação da Record: logo no primeiro dia das mudanças, o principal telejornal da emissora empatou com o Goiás Record.

Observatório da Televisão apurou que, por pressão do departamento comercial e de programação, o novo diretor de jornalismo, que ainda não foi escolhido, chegará com a missão de promover mudanças. A emissora confirma a saída do diretor e seu sucessor deverá ser anunciado na próxima semana.

Últimos vídeos do Canal no YouTube