Silvio Santos apresentou Casamento à Moda Antiga
Silvio Santos apresentou Casamento à Moda Antiga (divulgação)

No dia 11 de dezembro de 2005, estreava no SBT um reality show que muita gente nem se lembra mais que existiu. Trata-se de Casamento à Moda Antiga, uma tentativa frustrada de Silvio Santos de reaver o sucesso da Casa dos Artistas, no SBT. A atração usava a mesma locação do reality que confinava celebridades, mas, desta vez, no intuito de promover casamentos.

Casamento à Moda Antiga era exibido, inicialmente, aos domingos, e apresentado por Silvio Santos. No palco do programa, o animador recebia pais, padrinhos e amigos de um homem e de uma mulher, que deveriam ajudar a escolher o par ideal no palco. Os pretendentes chegavam ao palco e os padrinhos dos participantes tinham que escolher, entre os concorrentes, àqueles que achavam que seriam a “alma gêmea” de seus apadrinhados. Após uma bateria de perguntas e respostas, apenas dois pretendentes para cada candidato permanecem no palco.

Depois disso, a plateia entrava em ação. As “colegas de trabalho” de Silvio Santos votavam, entre os dois pretendentes, qual deles deveria ser o noivo (ou a noiva) do participante. Depois da escolha é que os noivos finalmente se conhecem, participando de uma pequena cerimônia de noivado no palco. Em seguida, eram levados à “Casa dos Noivos” (na verdade, a Casa dos Artistas adaptada), onde deveriam passar 21 dias juntos. Após esse período, os casais voltam ao palco para decidir se continuam ou não o noivado.

Caso um casal decidisse se casar num prazo de seis meses a partir da data de saída da casa, recebia da emissora os seguintes prêmios: cerimônia de casamento civil e religiosa; recepção para 50 pessoas; trajes para os noivos; lua-de-mel por uma semana; e R$ 10.000,00 por mês durante um ano, desde que comprove, através de recibos, notas fiscais e outros documentos, que permanece unido.

Assim, Casamento à Moda Antiga promovia um grande rodízio de participantes, já que, a cada semana, dois novos casais eram formados no palco de Silvio Santos e levados à Casa dos Noivos. Durante a semana, Jorge Kajuru apresentava a versão diária do programa, que mostrava o dia-a-dia da Casa dos Noivos, tal qual um Big Brother. A versão diária estreou substituindo a novela Xica da Silva na faixa das 22 horas, trama da Manchete que o SBT reprisou ao longo daquele ano com muito sucesso.

Versão brasileira do programa americano Married by America, Casamento à Moda Antiga teve trajetória, no mínimo, curiosa na grade de programação do SBT. O programa começou em pleno final do ano, e até estreou bem, mas logo perdeu fôlego na audiência. A edição diária não atingiu grandes índices de audiência e, algum tempo depois, acabou cancelada. Já a versão semanal, com Silvio Santos, teve vida mais longa, mas nada espetacular. Logo, a atração migrou das noites de domingo para às quartas-feiras.

Curiosamente, Casamento à Moda Antiga deu férias a seus participantes num determinado período. Em dezembro de 2005, seis casais deixaram a Casa dos Noivos, retornando ao confinamento cerca de três semanas depois. A explicação oficial era que a emissora dava a oportunidade para que os casais passassem o fim de ano juntos, e, assim, conhecessem as famílias de seus parceiros. Mas, extraoficialmente, tratava-se de férias forçadas, por questões de economia (boa parte da produção estava em férias), e para permitir que o programa passasse a ser gravado quase simultaneamente, o que melhoraria sua audiência. Isso porque Casamento à Moda Antiga estava sendo gravado desde outubro, mas só estreou em dezembro de 2005.

Mesmo com todas estas manobras, Casamento à Moda Antiga não emplacou. E, curiosamente, não houve um desfecho para a atração. O programa foi interrompido em março de 2006 sem final. Silvio Santos prometeu na ocasião que o programa mudaria de horário, mas nunca mais voltou ao ar.

Leia também:

Dona Anja estreava há 21 anos

Confira trecho de Casamento à Moda Antiga, com Silvio Santos:

Últimos vídeos do Canal no YouTube