Silvio Luiz critica Band e diz que emissora “não tem respeito por ninguém”

Silvio Luiz
Silvio Luiz (Agnews)

Um dos mais folclóricos e lendários narradores do Brasil, o narrador Silvio Luiz criticou a Band e disse que o canal não tem respeito por ninguém desde que o fundador do canal, João Jorge Saad, faleceu – João Saad morreu em 1999.

Em entrevista para o seu colega de RedeTV!, Luiz Ceará, Silvio afirmou que o canal perdeu o respeito que tinha pelo profissional, e afirmou que as críticas não eram por despeito, mas sim algo comprovado pela imprensa.

Veja mais: Há um mês de sair da Band, Pânico ainda é maior audiência nacional da emissora


“Na realidade, a Bandeirantes não tem respeito por ninguém. Depois que seu João morreu, perderam o respeito pelos profissionais. E eu não digo isso por despeito não… É só você acompanhar as notícias sobre televisão. Veja o que aconteceu com o CQC: foram mandados embora e só ficaram sabendo pela imprensa. Isso é uma falta de respeito pelo aquilo que você representou pela empresa”, afirmou.

Silvio contou a história de sua demissão do Grupo Bandeirantes: na época, ele comandava o Por Dentro da Bola, no Band Sports, e tudo aconteceu por causa de algumas cadeiras desorganizadas.

“No começo do programa, tinham umas cadeiras e elas eram vermelhas. Aí quebravam uma e colocavam uma azul e uma vermelha. Aí quebrou outra, ficou uma azul, uma verde e uma vermelha. Eu chegava no diretor do Band Sports e falava: ‘Pô, Eduardo, uma cadeira de cada cor… A menina, japonesinha, tem um teclado que mal dá pra ver o que ela escreve, muda aí’. Ele não passava na redação, às vezes, durante meses, embora reclamasse das deficiências que se tinha no programa”, disse.

“Um dia, eu estava num plantão de domingo, de saco bem cheio da minha vida, porque reclamava e não acontecia nada. E uma das cadeiras quebradas estavam no fundo do estúdio. Eu tirei a foto e coloquei no Twitter. Isso um pouco antes da Copa do Mundo de 2010. Eu estava chegando de Curitiba, e tinha que tomar vacina, porque naquela semana iríamos para a África. Aí o chefe me chamou e disse que tava fora da Copa. Ele disse que a ordem veio lá de cima e tal. E foi assim que eu saí”, explicou.

Silvio Luiz disse que Datena investigou porque ele saiu da Copa de 2010 e foi por conta da fotografia, o que Silvio até agradece: “Pelo menos foi por causa disso. Pelo menos não foi por competência, por falta de profissionalismo, não foi por roubo. Foi por essa razão, e pela falta de respeito que a Band não tem para com seus funcionários. Não sou eu que falo, é só vocês acompanharem”, comentou.

Silvio Luiz relatou algo chocante: pagava 100 reais para estacionar o carro dentro das dependências da emissora. “Eu até pagava pra estacionar meu carro na Bandeirantes. Era 100 reais por mês descontado e eu apresentava em nota”, concluiu Silvio.

Veja o vídeo completo: