O Outro Lado do Paraíso
Natanael (Juca de Oliveira) e Bete (Gloria Pires) em O Outro Lado do Paraíso (Divulgação/ TV Globo)

Agindo de forma minimamente discutível contra a nora, Natanael ganhou um defensor de peso, o próprio intérprete do personagem, em O Outro Lado do Paraíso. Juca de Oliveira explicou por que o pai de Henrique (Emilio Mello) agiu tão vorazmente contra a mulher de seu filho, Elizabeth (Glória Pires).

Em entrevista ao jornal Extra, ele conta que vê a situação por outro ângulo. “Não analiso pelo ponto de vista ético, mas pelo do personagem. Ele ama o filho e quer o melhor para ele, principalmente, na profissão. Ao ver que Henrique está prestes a se tornar embaixador em Londres, Natanael teme que a nora, que ele nunca achou adequada para o filho por ser simples e sem muita cultura, prejudique sua ascensão. Por isso, ele se opõe a ela”.

Veja também: “Eu sou muito grata, porque fome eu nunca passei”, afirma Narjara Turetta sobre problemas financeiros

Oliveira explica, ainda, à publicação, que o personagem vê “algo de nebuloso no caráter” de Elizabeth. Porém, questionado se não é muito cruel forçá-la forjar a própria morte, ele foi objetivo na resposta.

“Não há outro jeito. Seria a ruína profissional de Henrique se viesse à tona que a mulher dele, em sua ausência, estava com um amante, que morreu ao cair da escada. Então, para salvaguardar o filho e a neta, Natanael a faz ver que a única alternativa é ela [supostamente] morrer em um acidente. Na visão dele, não há maldade, mas um profundo zelo pelo filho”, justifica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor coloque seu nome aqui