Crise no mercado e falta de espaço na grade deixam Pânico mais longe da TV aberta

Panico na Band
Pânico na Band (Reprodução/Band)

Com o fim decretado e cada vez próximo, o programa Pânico não deve migrar para uma nova emissora em 2018. A atração, que não deu à Band os resultados esperados, não interessa a outras emissoras de televisão aberta.

Veja também: “Fiquei realmente triste com a notícia” afirma Juju Salimeni sobre o fim do Pânico na Band

Existem três fatores principais para isso: o mercado publicitário, que ainda enfrenta uma crise, a falta de espaço na programação das redes e, ainda, os custos do programa, que são considerados altos, segundo o blog KTV.


Os integrantes, de acordo coma publicação do programa já buscam oportunidades em canais da televisão por assinatura, porém, nada ainda foi acertado.