Carioca confirma fim do Pânico na Band, lamenta fato e diz que é “difícil largar” programa

Carioca é o principal humorista do Pânico na Band
Carioca é o principal humorista do Pânico na Band (Divulgação/Band)

Pela primeira vez desde que a notícia pipocou na imprensa, um membro do Pânico na Band confirmou o fim do humorístico. Foi Márvio Lúcio, o Carioca, hoje o principal humorista da atração.

Em entrevista extensa para a revista Veja desta semana, Carioca diz que a Band simplesmente informou que o programa iria só até dezembro, mesmo com contrato em vigor até 2019.

Veja mais: “Fiquei realmente triste com a notícia” afirma Juju Salimeni sobre o fim do Pânico


“Fomos informados de que estaremos na Band só até dezembro. É claro que ficamos tristes. Há cerca de 100 pessoas que trabalham lá. Só eu, tenho 21 anos de programa de rádio e 14 de TV. Mas o grupo não vai acabar: continua no rádio e pode ir pra outra emissora”, afirmou ele.

Perguntado sobre o motivo que fez o Pânico acabar, algo inimaginável anos atrás, Carioca acusa a perda de grandes talentos, como Wellington Muniz, o Ceará, e Eduardo Sterblich, para citar dois mais recentes.

Além disso, o humorista diz que jamais conseguiria sair do programa ou do grupo, porque ajudou a construir tudo o que o Pânico se tornou na televisão brasileira.

“O Pânico perdeu muitos talentos. Muitos cresceram nas redes sociais e conquistaram sua autonomia artística. Embora eu tenha um bom número nas redes, nunca pensei assim. Fiquei preocupado em sair e atrapalhar o programa. Mesmo sabendo que não estávamos em um momento fácil, cheguei a um acordo com os colegas, por uma questão de carinho. Ajudei a construir aquilo ali. É difícil largar”, explica.

Por fim, ele celebra o que o Pânico representou na televisão brasileira e diz que ele foi revolucionário para o humor da televisão brasileira, se dizendo orgulhoso de ter feito parte de tudo isso.

“Em 2003, quando estreamos, a televisão era extremamente careta. A Globo exibia a novela ‘Celebridade’ e vivíamos um tempo em que era proibido criticar celebridade. (…) O Pânico confundiu. Dávamos 18 pontos na RedeTV!. Tem noção?”, finalizou.

O Pânico na Band vai terminar por conta da crise de audiência do programa. Mesmo sendo o maior Ibope nacional da Band e um sucesso nas redes, o canal alega custos altos, faturamento baixo e Ibope abaixo do esperado.