Âncora da Globo News se controla para não chorar ao noticiar morte de criança de 3 anos

Cecília Flesch, da Globo News, no edição das 16h desta quinta
Cecília Flesch, da Globo News, no edição das 16h desta quinta (Reprodução/Globo News)

O mundo cão que alastra o Rio de Janeiro tem revoltado até mesmo jornalistas experientes. Nesta quinta-feira (2), uma prova disso foi dada.

O pequeno Vitor, de 3 anos, teve sua morte cerebral confirmada no Rio de Janeiro nesta tarde. Ele foi atingida por bala perdida enquanto brincava, tranquilamente, na sala de casa.

A notícia foi dada pela Globo News, na Edição das 16h. Mas a jornalista Cecília Flesch foi humana e se emocionou ao dar a notícia do falecimento do pequeno.


Veja mais: Globo News contrata jornalista ‘prodígio’ da Band

Se controlando para não chorar no ar, Cecília chamou a repórter Mônica Teixeira para dar mais detalhes do que havia ocorrido, e sua emoção ficou evidente.

“A Mônica Teixeira está no hospital onde o Vitor está internado. Desculpe Mônica, eu fico até um pouco emocionada, porque essa notícia é muito triste. O Vitor já é a nona criança morta por bala perdida no Rio só esse ano”, disse Cecília.

“Realmente Cecília, é uma notícia muito muito triste”, disse Mônica, dando apoio para a colega.

Veja o vídeo do momento: