Historiador critica a Marquesa de Santos de Novo Mundo: “Caricata, uma personagem bem estereotipada”

Domitila (Agatha Moreira) e Dom Pedro (Caio Castro) de Novo Mundo
Domitila (Agatha Moreira) e Dom Pedro (Caio Castro) de Novo Mundo (Divulgação/TV Globo)

Paulo Rezzutti, escritor e historiador que está relançando o livro Domitila: A Verdadeira História da Marquesa de Santos, criticou a forma como a amante de Dom Pedro é retratada em Novo Mundo.

“Está bem caricata, uma personagem bem estereotipada. A cronologia da novela não bate com nada”, disparou Paulo em entrevista ao Jornal do Meio Dia.

Público de Novo Mundo vê indireta para Michel Temer em cena da novela


O profissional enfatizou que existe uma confusão com as datas do folhetim. “Eles tiveram um relacionamento de sete anos, de 1822 até 1829. A Domitila era casada ainda e a igreja deu a separação de corpos. Quando a Leopoldina morreu, ele [Dom Pedro] foi procurar uma princesa de berço, mas não poderia ser a Domitila”, concluiu Rezzutti.