Conheça os competidores da segunda temporada do BBQ Brasil – Churrasco na Brasa

BBQ Brasil
BBQ Brasil - Churrasco na Brasa (Divulgação)

Neste sábado, 12 de agosto, a partir das 18h15, estreia no SBT, a segunda temporada do reality show BBQ Brasil – Churrasco na Brasa, uma competição de 16 churrasqueiros amadores. A atração é uma versão brasileira do formato inglês BBQ – Champ, exibido no canal ITV.

Conheça os competidores:

ARIANE FARIA (32 anos) – São Paulo, SP – Cozinheira


Começou a fazer churrasco para se aproximar do pai, que era o responsável oficial pela churrasqueira. Para ela, churrasco representa reunião da família, música e muita diversão. A família, que é natural do interior de São Paulo, apresentou para competidora os cortes clássicos de um bom churrasco e Ariane foi se aperfeiçoando por conta. O pai, que faleceu há dois anos, é seu ponto fraco e para quem ela pretende dedicar a vitória do reality. Se diz “casca grossa” e avisa que não poupará enforços para vencer a competição.

CARLOS TELLEZ (31 anos) – Bogotá, COL – Importador

Único participante estrangeiro na competição, pretende enaltecer as coisas boas que a Colômbia é capaz de proporcionar. Trabalha com importação de bebidas, mas cozinhar é sua verdadeira paixão. Casado, está longe da esposa, pois ela precisa tocar os negócios do casal em Bogotá enquanto ele participa do programa. Tem convicção de que é o melhor churrasqueiro amador do Brasil, mesmo não sendo brasileiro.

DANIEL CZERNUCHA (39 anos) – São Paulo, SP – Analista de software

Chama atenção pelas camisas floridas que usa para fazer churrasco, hábito que mantém há mais de dez anos para agradar os amigos. Já colocou de tudo na brasa – bovinos, suínos, peixes e crustáceos – e se julga um verdadeiro mestre churrasqueiro. Apesar de ser viciado em churrasco, sua esposa não é. E por isso precisa surpreender nos acompanhamentos para agradá-la. Começou a fazer abobrinha e beringela para a amada e pretende levar seus aprendizados para impressionar os jurados na competição.

DIMAS ROSA (51 anos) – São Paulo, SP – Massoterapeuta

Faz churrasco com samba há mais de 20 anos e acredita que seu diferencial na competição é, pela sua experiência de vida, saber analisar os competidores. Costuma usar suas melhores roupas para assar carne e por isso é visto de gravata, camisa e até suspensório atrás da churrasqueira. Também adora cozinhar cantando e acredita que sua maior dificuldade no reality é administrar o tempo e seu grande sonho é ter um prato que leve seu próprio nome. É emotivo e diz que consegue lidar bem com as possíveis críticas.

ÉRIKA KOBAYASHI (27 anos) – São Paulo, SP – Design de interiores

Está no programa para provar que churrasqueira também é lugar de mulher e que a gastronomia japonesa vai muito além de sushi e sashimi. Assume a grelha nas confraternizações em família e, para agradar a crianças, coloca de tudo para assar: balas, chocolates e marshmallow. Entra no programa com a meta de aprender muita coisa, mas se diz determinada e focada, ingredientes que a levarão até a grande final.

FELIPE FERRARI (35 anos) – São Paulo, SP – Planejador financeiro

Metódico, falante e churrasqueiro por amor. Casado e pai de dois filhos pequenos, conta que nada o deixa mais feliz do que ver todos satisfeitos com seus assados. Trabalha com previsão financeira, e, por isso, sabe dar importância em ser organizado para chegar onde quer. Garante que não tem nenhum medo na competição e que é acostumado com adrenalina porque adora esportes como surf e skate. Sonha em abrir um negócio de carnes.

FERNANDO SCHIMANOSKI (34 anos) – Hoteleiro – Canela, RS

Apesar de trabalhar em uma fábrica de chocolates, sua paixão é mesmo o churrasco. Único gaúcho da competição, pretende honrar seu estado e fazer jus à boa fama dos assadores do Rio Grande do Sul. Começou a fazer churrasco aos 10 anos de idade e atualmente acende a brasa todos os dias. Prefere assumir a churrasqueira vestindo bombacha, vestimenta tipicamente gaúcha, e já adianta que tem dificuldades para receber críticas.

HELÔ PALÁCIO (33 anos) – Blogueira – Marília, SP

Acostumada a exibir sua vida na internet, Helô Palácio quer mostrar que seu churrasco é digno de uma legião de seguidores. É vaidosa e gosta de cozinhar bem vestida e bastante maquiada. Avisa aos concorrentes que, praticamente, nasceu dentro de uma churrasqueira e que entende mais de fazer, do que de comer carne. Com a participação do programa, nasceu a vontade de criar uma websérie sobre churrasco em seus canais de comunicação.

KALIE DUARTE (28 anos) – Vendedora de cosméticos – Campinas, SP

Apelidada de “Barbie do churrasco”, diz que a maioria das pessoas se impressiona quando a vê no comando da churrasqueira. Faz questão de assar carne com unha feita e maquiagem marcante. Dedica-se ao churrasco desde os 15 anos de idade e tem treinado muito para fazer bonito no programa. Sua maior dificuldade na disputa é fazer os acompanhamentos também na brasa, pois, normalmente ela conta com a ajuda do fogão.

JEFERSON TABOADA (43 anos) – Empresário – Santos, SP

Com o sonho de ser o melhor churrasqueiro do Brasil, entra na competição focado em somar vitórias. Não gosta que se metam no seu churrasco e diz que nunca recebeu críticas sobre a carne que assa. É pai de três filhos biológicos, mas também cuida de crianças carentes em uma comunidade da baixada santista. Gosta de estudar novas técnicas, temperos e acompanhamentos já que o básico não o representa. Avisa aos oponentes e jurados que é 100% sincero e que não aceita levar desaforo para casa.

 JESIEL DA SILVA (19 anos) – Cozinheiro – Araras, SP

É o churrasqueiro amador mais novo da competição e, mesmo com a pouca idade, cuida da cozinha de um restaurante no interior de São Paulo. Com a separação dos pais ainda na infância, precisou começar a trabalhar para se manter. Seu primeiro emprego foi como garçom e nunca mais saiu do ambiente gastronômico. Anos mais tarde, o churrasco virou sua paixão e principal foco. Entra no programa com a missão de quebrar preconceitos por conta da sua idade e diz que irá competir de igual para igual com os mais experientes.

LARISSA MORALES (30 anos) – Dona de casa – São Paulo, SP

Tem a avó como grande inspiração para cozinhar e mantém um canal na internet para falar sobre churrasco. Julga-se autocrítica, competitiva e mandona. Diz que nunca está satisfeita com o que faz e que sempre procura melhorar. Garante que chegará até a final do programa pela sua experiência em já ter colocado de tudo na churrasqueira. Sua maior vantagem na disputa é a capacidade de se comunicar com todos e seu ponto fraco é sua desorganização.

MADSON BESSA (39 anos) – Empresário – São Paulo, SP

Explosivo e com personalidade marcante, dedica-se aos alimentos há, aproximadamente, dez anos. Antes trabalhava com comunição, profissão que abandonou para ficar integralmente dedicado à churrasqueira. Pediu demissão do emprego para estar no programa, pois acredita que a vida mudará depois que conhecerem sua aptidão para assar carnes e acompanhamentos. Ousado, promete passar longe do básico nas provas. Diz que os adversários precisam ser muito bons para conseguirem competir igualmente.

 MARCINHO GIUDICISSI (29 anos) – Food Trucker – São Paulo, SP

Tentou ter várias profissões na vida, mas acabou se encontrando realmente com o churrasco. É do tipo que prefere fazer a falar e diz que está seguro na competição, pois já preparou todo tipo de carne. Tem um negócio próprio para assar e servir refeições e avisa que, por isso, está acostumado a trabalhar sob pressão. Gosta de liderar e, sempre que pode, puxa as responsabilidades para que possa comandar a situação por completo. A maior desvantagem na competição é lidar com sua ansiedade.

 MAYARA COLONHESI (27 anos) – Empreendedora – Maringá, PR

Baixinha, jovem e mulher. Os três adjetivos já a fizeram ser alvo de desconfiança quando avisava que iria comandar a churrasqueira. Sua meta no programa é provar para todos que é imensamente capaz de fazer um churrasco digno de elogios. Hambúrguer feito com carnes que quase ninguém lembra (peito, paleta e outras partes do dianteiro) é seu carro-chefe. Faz churrasco desde os 15 anos de idade e é fã de acomphamentos rústicos. Tem personalidade forte, é uma grande batalhadora e diz ser incapaz de engolir sapos.

RAFAEL SOARES (30 anos) – Gráfico – Mairiporã, SP

Faz churrasco sozinho desde os 17 anos, antes disso era acompanhado pelo avô, que sempre foi um grande cozinheiro e quem o inspirou. Estuda bastante as técnicas de um churrasco e adianta que sua maior dificuldade são os peixes. É extremamente organizado, metódico e está sempre em busca da perfeição. Apesar de ser divertido e ter facilidade para se comunicar, é muito competitivo e já se enxerga na grande final. Além do churrasco, adora carros antigos, poker e música country.