Big Brother Brasil 17
Big Brother Brasil 17 (Reprodução)

Grandes personalidades passam pelo Big Brother Brasil todos os anos. Uma particularidade da versão brasileira do reality-show que supera às versões gringas é a capacidade de produzir personagens com certa relevância que vão povoar as lembranças do público quando o assunto é o programa. Relembre alguns participantes icônicos do programa que poderiam ter vencido o programa não fossem erros de percusso.

Aline Mattos do BBB 13
Aline Mattos do BBB 13 (Reprodução)

Aline Mattos – BBB 13

Aline foi a primeira eliminada do BBB 13. Seu jeito expansivo, e de quem não leva desaforo para a casa chamou atenção negativamente. Logo no primeiro dia de confinamento ela se envolveu numa briga com Kleber Bambam gerando inúmeros memes. Tendo saído na primeira semana do programa, Aline foi um exemplo de jogadora ao colocar sua verdade acima de estratégias de jogo, mas sua tática não funcionou, pois naquela época o público preferia ver calmaria na casa.

Tati Pink do BBB5
Tati Pink do BBB5 (Divulgação)

Tati Pink – BBB 5

Tati Pink talvez tenha sido uma das participantes mais carismáticas do BBB 5 ao lado de Grazi Massafera e Jean Willys. Sua única estratégia era proteger os companheiros de confinamento que estavam a seu lado. Numa polarização de jogo, a casa se viu dividida entre dois grupos: O grupo comandado por Pink e o grupo oposto comandado por Doutor Rogério. Expansiva e brincalhona, a participante que tinha um crush em Pedro Bial soava quase infantil, mas não ingênua.

Rogério Padovan do BBB 5
Rogério Padovan do BBB 5 (Divulgação)

Doutor Rogério – BBB 5

Rogério era aquele tipo de participante que toma frente e auto promove-se a líder de um grupo. Temendo uma possível aliança entre as mulheres da casa, ele trouxe para seu lado, o fiel escudeiro PA, para unir os homens com o propósito de derrubar aqueles que ele considera os mais fortes: Tati Pink e Jean. Inteligente e articulador, o médico deixou o programa com rejeição de 95%.

Cida do BBB2
Cida do BBB2 (Divulgação)

Cida – BBB 2

Cida não era lembrada como jogadora e passava despercebida na casa até se tornar o assunto do reality por dois motivos: o falecimento de sua irmã enquanto ela estava confinada e seus estranhos hábitos pouco higiênicos, como por exemplo escovar os dentes usando a mesma água na qual tinha acabado de se depilar.

Thalita Lippi do BBB 8
Thalita Lippi do BBB 8 (Divulgação)

Thalita Lippi – BBB 8

A sinceridade no Big Brother é entendida de diversas formas, e Thalita certamente foi mal compreendida. A amiga de Nathália era mesmo uma atriz antes do programa, e dentro dele teve vários momentos de atuação, mas era sincera com suas palavras, leal a seus companheiros, e conseguia prever as atitudes dos adversários como ninguém.

Anamara do BBB 10 e BBB 13 (Divulgação)
Anamara do BBB 10 e BBB 13 (Divulgação)

Anamara – BBB 10 e BBB 13

Anamara, a policial que participou de duas temporadas do reality-show foi o “peixe que morreu pela boca” duas vezes, não tendo aprendido nada com seu erro anterior. Querida pelo público pelo seu jeito divertido e carismático, Anamara não soube guardar para si informações privilegiadas de jogo fazendo com que tudo se tornasse uma grande acareação sobre o que as pessoas pensavam a seu respeito, onde claro, ela foi a mais prejudicada.

bbb15-620x250_amandaAmanda – BBB 15

Amanda era bonita, inteligente e esperta. Era do tipo de participante que se orgulhava de jogar com o coração. Mas o coração da moça bateu tão forte que ela se envolveu num triângulo amoroso com Fernando e Aline onde ela só saiu perdendo. O público do lado de fora a tirou acusando-a de não ter amor próprio.

Leka do BBB 1
Leka do BBB 1 (Divulgação/ TV Globo)

Leka – BBB 1

Na primeira chamada de Leka no BBB, a empresária dizia já ter gasto uma quantia inimaginável comprando lingeries. Leka era divertida, brincalhona e não muio atenta ao jogo, fez uma ótima dupla com a amiga Cris e chamou a atenção do público ao revelar dentro do programa que sofria de bulimia.

Lia Khey do BBB 10
Lia Khey do BBB 10 (Divulgação)

Lia Khey – BBB 10

Lia Khey era o nome artístico de Eliane, a dançarina que não tinha papas na língua e se alterava ferozmente durante diversas discussões. Protetora com seus amigos, ela amava a verdade acima de tudo e é o maior exemplo que a franqueza quando expressada sem cautela pode ser vista como grosseria. Uma jogadora de pulso firme que tinha como tática expressar sempre a verdade. Quem não se lembra das discussões onde Lia alterada pedia “Olha no meu olho”?

Ana Paula Renault do BBB 16 (Divulgação/TV Globo)
Ana Paula Renault do BBB 16 (Divulgação/TV Globo)

Ana Paula – BBB 16

“Eu nasci pra ser protagonista” disse Ana Paula logo ao entrar no programa e foi, pelo menos do BBB16. Ana Paula entrou no programa sem muita noção do jogo e logo percebeu como o jogo estava sendo dividido. Seus embates com outros participantes eram sempre regados a muito deboche, tiradas, e frases de memes que divertiram os telespectadores e internautas. Sua torcida, fez de Munik sua então amiga, a vencedora da temporada.

Últimos vídeos do Canal no YouTube